terça-feira, dezembro 6, 2022

Após a era Maradona, Messi é a esperança da Argentina para conquistar o Mundial

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

O atual momento da Argentina é cada vez mais positivo e a expectativa sobre essa equipe liderada por Messi já supera a Espanha, Alemanha, Bélgica ou Portugal no favoritismo para o Mundial.

Com a Copa do Mundo no Catar a alguns dias de começar, a Argentina vem com a moral elevada com os seus resultados recentes e pelo time formado para disputar a competição. Em um de seus últimos testes antes de chegar no Catar, a equipe liderada por Lionel Scaloni conseguiu estender sua sequência de bons resultados ao vencer a Jamaica por 3 a 0 em Nova Jersey e aumentar sua impressionante invencibilidade para 35 jogos. Nesse ritmo, a seleção desembarca em Doha com uma trajetória positiva histórica, uma das mais importantes de todos os tempos.

Importante dose de otimismo que os leva a acreditar que esta pode ser a Copa do Mundo conquistada pela Argentina após o vice em 2014. E muito desse otimismo se baseia num número histórico da camisa dessa seleção, tudo em nome de “10”.

O desejo de dar a Messi o último grande título que falta perto de sua despedida da seleção, a homenagem ao recém-falecido Maradona e alguns paralelos com a Copa do Mundo de 1986 acendem a mística da seleção que chega como uma das favoritas para a conquista.

Na sombra do Brasil, como em 86

É preciso voltar a 2 de julho de 2019, foi naquele 2 a 0 contra o Brasil nas semifinais da Copa América daquele ano sua última derrota. Desde aquela eliminação, a equipe vem se construindo com base no trabalho duro, mas principalmente com resultados positivos que levaram à conquista da próxima edição do torneio continental e da Finalíssima contra a Itália.

Nos últimos meses, a Argentina de Messi ultrapassou Espanha, Bélgica, Alemanha e Portugal e está cada vez mais perto dos três primeiros que são Brasil, França e Inglaterra. A Argentina tem a Copa do Mundo de 1986 como ícone de seu futebol, conquistando aquela que foi sua segunda Copa do Mundo e, por enquanto, a última, e essa foi a Copa do Mundo de Diego Armando Maradona. Nessa Copa o Brasil também era o favorito pois tinha uma equipe com jogadores históricos do futebol mundial remanescentes da sua surpreendente eliminação na Espanha em 82.

Messi-Maradona

Repetir o que foi conquistado no Azteca em 1986 é o sonho de um país, sonho esse que quase conseguiu conquistar no Brasil 2014. E esse é o passo que falta para Messi, pois somente assim toda vez que ele vier a ser comparado com Maradona, a marca de não ter conquistado uma Copa do Mundo não fique na sua história como algo que possa tirar o jogador da prateleira entre os maiores. Há algo que vai mudar para esse torneio no Catar em relação a 86, o fato de que os resultados deixaram uma atmosfera ótima na Seleção Argentina, algo que não aconteceu na última Copa do Mundo que eles venceram.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -
Últimas Noticias

Site americano elege os melhores de cada posição na NBA 22/23

A temporada 2022/2023 da NBA chega aos seus 50 dias de competição. Então, o site Fadeaway World decidiu selecionar...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -