sexta-feira, abril 12, 2024

Betnacional patrocinará edição 2022 da Taça das Favelas

Jogos

A Taça das Favelas retorna neste ano visando ocupar os gramados em inúmeras cidades brasileiras. A edição 2022, que celebrará uma década da competição, terá o primeiro campeonato em nível nacional, a Taça das Favelas Brasil, o Favelão 2022. Além disso, a Taça volta com o patrocínio da Betnacional, empresa do setor de apostas esportivas.

Em nota nas redes sociais, a casa de apostas divulgou que foi representada nas cerimônias de lançamento no Rio de Janeiro e em São Paulo; grandes nomes do futebol, como o ex-jogador da Seleção Brasileira Cafu; da cultura, como MC Menor MR e Raí BG. “Nós sempre fizemos questão de pregar o quanto acreditamos no Brasil. Valorizar os brasileiros e suas raízes é um dos princípios da Betnacional”, diz o comunicado da Betnacional.

“E por isso estivemos presentes na capital paulista para o lançamento da Taça das Favelas de São Paulo, evento que a bet dos brasileiros tem a honra de patrocinar. Afinal, é um evento representa aquilo que acreditamos para o mundo dos esportes, e que será protagonizado por pessoas que, assim como a Betnacional, tem fome de vitória e crescimento”.

Sobre a Taça das Favelas

No Rio de Janeiro, a bola vai rolar neste final de semana, 30 e 31, no Campo do Realengo, enquanto as grandes finais estão previstas para o dia 8 de outubro. A Taça será disputada por 107 seleções de favelas, com 28 femininas e 79 masculinas. As seleções femininas não têm idade limite, enquanto entre os meninos são permitidos jovens de 14 a 17 anos.

Os jogos em São Paulo respeitarão o mesmo cronograma, mas contando com 128 seleções, 32 femininas e 96 masculinas. Já etapa nacional está prevista para os meses de outubro e novembro. Lembrando que o torneio é organizado pela Central Única das Favelas (CUFA).

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Monterrey vence Inter Miami e avança na Liga dos Campeões da Concacaf

Pelo jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Concacaf, o Monterrey não tomou conhecimento...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -