quarta-feira, setembro 28, 2022

Bia Haddad busca conquista histórica na final de duplas do Australian Open

Jogos

Não será uma partida simples. Em busca da sua primeira conquista em um Grand Slam de tênis, Bia Haddad Maia chegou até a decisão do Australian Open. Ao lado da cazaque Anna Danilina, a brasileira conseguiu uma façanha ao virar a primeira brasileira finalista em Melbourne na Era Aberta.

Neste domingo, às 1h (de Brasília), Bia tem a chance de ir além. Mas, do outro lado, terá pela frente as atuais campeãs olímpicas e melhores do mundo, as tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova. Ou seja, a brasileira precisará superar a melhor dupla da atualidade e líderes do ranking.

Vice-campeãs do Australian Open no ano passado, as tchecas buscam o quarto título de Grand Slam. Antes, já foram campeãs em Roland Garros, em 2018 e 2021, e em Wimbledon, em 2018. Esse será o primeiro duela de Bia diante das tchecas no circuito profissional.

No entanto, as três tenistas já se enfrentaram em uma final júnior de Grand Slam. Em 2013, Krejcikova e Siniakova levaram a melhor contra a brasileira e a equatoriana Domenica Gonzalez e ficaram com o título.

Brasileira está em grande fase na temporada 2022

Ao lado de Bia, Danilina também tem feito histórico. Nascida na Rússia, mas naturalizada cazaque, a tenista é a primeira do país a chegar a uma final de Grand Slam. Aos 26 anos, está ganhando cada vez mais experiência em competições de dupla. Hoje, ela está na 53ª posição no ranking.

Bia, tenista número 83 do mundo, se tornou a primeira brasileira finalista do Australian Open na Era Aberta. Além disso, a tenista conseguiu o melhor resultado feminino desde a semifinal de 1965 de Maria Esther Bueno, que conquistou em 1960 o torneio de duplas e foi vice-campeã em 1965 no torneio individual.

Mas, Bia e Danilina vivem ótima fase. Foram campeãs do WTA 500 de Sydney e alcançaram o quinto triunfo em Melbourne. Neste domingo, tentam um feito histórico para os dois países.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Após a era Maradona, Messi é a esperança da Argentina para conquistar o Mundial

O atual momento da Argentina é cada vez mais positivo e a expectativa sobre essa equipe liderada por Messi...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -