domingo, fevereiro 5, 2023

Griezmann deve assinar até 2026 com Atlético de Madrid

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

A novela de Griezmann entre Atlético de Madrid e Barcelona está muito próxima do fim.

A negociação entre Atlético e Barcelona para a contratação do francês está bem encaminhada e o jogador vai assinar até 2026.

A longa negociação envolvendo Antoine Griezmann com o Atlético de Madrid parece estar com os dias contados.

Barcelona e Atlético estão muito perto de fechar um acordo pelo jogador francês e assim virar a página da famosa cláusula de 40 milhões de euros. Depois de negociações que se arrastaram nos últimos meses, tudo indica que a equipe de Madrid pagará aos catalães 20 milhões de euros pelos serviços do atacante.

Simeone sem preocupação

Diego Simeone poderá contar com o jogador quando considerar necessário para ajudar a equipe, sem ter mais que esperar até os 60 minutos de cada jogo. O técnico argentino tem boas notícias depois de um início de temporada difícil em que Griezmann foi um dos jogadores mais destacados do Atlético e só conseguiu jogar como titular em dois jogos.

O jogador francês começou entre os onze titulares no dérbi contra o Real Madrid e nesta terça-feira contra o Bruges pela Liga dos Campeões.

De acordo com os relatos das atas que o atacante do Atleti poderia jogar para evitar pagar os 40 milhões ao Barcelona, os Colchoneros poderiam jogar com o francês como titular em cerca de dez jogos e foi assim que Simeone foi gerenciando as atuações do atleta. Mas tudo isso vai mudar após o jogador assinar até 2026 com o clube.

Final aguardado

Finalmente tudo indica que o assunto terá um final feliz para ambas as partes, porque Simeone terá um jogador que ele queria ter em seu elenco a todo custo, apesar de que em alguns setores dentro do clube a sua saída na última janela de transferências era vista com bons olhos. O jogador também está animado porque defenderá as cores pelas quais quis jogar depois de passar pelo Barcelona, certamente no clube catalão todos também estão satisfeitos ao ver que tiram um salário importante que não poderiam assumir na próxima temporada diante do elenco montado para a disputa com nomes como Robert Lewandowski e Raphinha.

Exemplo de gerenciamento

Vale recordar que a famosa cláusula de 40 milhões de euros consistia em o Atlético ter que pagar essa quantia ao Barcelona para contratar o jogador de forma obrigatória no caso de Griezmann ter jogado mais de 45 minutos em 50% dos jogos em que que estava disponível nas duas últimas temporadas.

Desde o primeiro momento, Simeone e Griezmann aceitaram a condição, mas em ambos os casos esperavam que a solução chegasse o mais rápido possível e que não sofressem tanto com isso durante a resolução do caso.

No caso do argentino o ponto positivo é que foi possível manter o jogador no time, por parte do francês houve a paciência necessária até tudo se resolver. De fato, apesar da situação estranha, Griezmann sempre teve um excelente comportamento e Simeone conseguiu gerenciar muito bem o jogador, o tempo e a mentalidade do atleta diante das condições adversas.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

As maiores traições no futebol Brasileiro na história

Quando falamos em traições no futebol, logo pensamos naqueles jogadores ou treinadores que saíram de uma equipe e foram...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -