domingo, novembro 27, 2022

Flamengo gera 1,2 bi de receita e já planeja 2023 

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

O Flamengo vem numa grande fase no futebol brasileiro, muito porque conquistou dois dos principais títulos da temporada conquistados, o da Copa do Brasil e Libertadores respectivamente. Títulos acompanhados de uma ótima média de público no Maracanã, tudo que um grande clube precisa e quer num ano.  

Foram de fato muitas conquistas dentro e fora de campo, então, o clube busca a consolidação dessa fase de protagonista no futebol brasileiro. 

Números para comemorar 

Neste ano o clube vai alcançar a marca de 1,2 bilhão de receita bruta, números incríveis para o futebol brasileiro. As conquistas da Copa do Brasil e da Libertadores impulsionam os números do clube. Mas o time vem numa crescente desde 2014, colhendo os frutos da organização nesses últimos anos. 

O clube chegou agora a uma grande marca simbólica no futebol brasileiro, algo que lá atrás seria motivo de muita duvida, uma década sem atrasar salários. 

Outro número importante é de como essa receita é gerada. Pelo segundo ano as receitas de bilheteria, sócio-torcedor, marketing e comercial vão superar os ganhos do clube com transmissão e premiações. Isso mostra a força do clube no atual momento, a torcida está presente e fazendo grande parte dos resultados positivos do clube, o que se reflete no campo e vice-versa.  

Venda de banco 

Um dos principais projetos do clube para o próximo ano é firmar a parceria com a possível venda de uma parte do Nação BRB Fla, que alcançou a boa marca de 3 milhões de contas abertas.  

Ao se concretizar, esse pode ser um dos grandes passos institucionais do clube. Já pensando na receita para o próximo ano, pois a ambição da administração flamenguista está indo de acordo com o que é gerado. Portanto, dados os valores, isso aumenta as possibilidades do clube de fazer ainda mais.  

“Quando este grupo chegou ao clube, em 2012, nenhum banco nos emprestava dinheiro, e hoje o Flamengo é dono de um banco, é quem empresta o dinheiro. O tamanho do clube nos dá oportunidades que vão muito além do futebol.” Disse Rodrigo Tostes, vice-presidente de Finanças do Flamengo. 

O sonho do estádio  

O projeto junto ao BRB se liga também a um antigo sonho do clube e da sua torcida, construir um estádio próprio. Mas já ficou claro que a diretoria não vai aumentar a dívida do clube para realizar esse grande sonho rubro-negro. Sonho esse que parece estar cada vez mais perto. 

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -
Últimas Noticias

Costa Rica vence o Japão e embola o grupo E 

A Costa Rica aproveitou seu primeiro chute a gol nesta Copa do Mundo e marcou na vitória sobre o...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -