segunda-feira, fevereiro 6, 2023

Flamengo pode ter Vítor Pereira em 2023 

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

O ex-técnico do Corinthians pode desembarcar no Flamengo em 2023. O clube carioca não está em negociação para a renovação do contrato de Dorival Júnior, muito querido pelos torcedores.  

Diante da postura do clube, parece que o nome favorito para comandar o time do Flamengo em um 2023 de campeonato mundial é Vítor Pereira. A negociação do treinador com o Rubro-Negro já dura por volta de dez dias e ao que parece tanto os dirigentes do clube quanto o treinador estão otimistas com o possível acordo entre as partes.  

Mostrando interesse 

Inicialmente a informação foi divulgada pelo jornal Record de Portugal. As informações que chegam são de que o clube está disposto a oferecer cerca de quatro milhões de euros por ano ao treinador, o que é pouco mais de R$ 22 milhões para contar com o comandante e sua comissão técnica portuguesa.  
No entanto, parece que faltam alguns detalhes para a contratação se concretizar. O agente do treinador recebeu a recomendação de Marcos Braz (vice-presidente) e Bruno Spindel (diretor executivo) para permanecer em São Paulo e dar início às conversas para verificar a possibilidade da contratação. Porém, o clube carioca não bateu o martelo sobre o Vítor Pereira.  

Dorival na espera 

Dorival Júnior possui uma incrível trajetória com o clube em 2022. O técnico assumiu o Flamengo em junho e conquistou o título da Copa do Brasil e da Libertadores em sequência. 

O comandante de um dos melhores times de 2022 está ciente da movimentação do clube para contar com o treinador português, portanto, a relação com o Flamengo já parece rumar para uma despedida.  

Não posso ficar 

Ao se despedir do Corinthians o técnico português alegou que sua decisão teve influência de questões familiares e que não iria para outro clube. 

“Sinto-me muito triste, queria muito continuar este projeto, mas não tenho hipótese nenhuma. Não vou para clube nenhum, não vou para canto nenhum. Vou para casa, tenho de ajudar a estabilizar um pouco o processo da doença da minha sogra, que está a viver na minha casa. Por isso tenho que voltar para lá. Queria ficar aqui, mas não posso. O dia a dia do Corinthians é de tranquilidade. Toda a gente me apoiou, grande amizade com o presidente. Nunca tive problemas, de vez em quando inventam coisas, mas nunca tive problemas. É muito fácil liderar este plantel, muito fácil.” Disse Vítor Pereira ao sair. 

Para o torcedor Rubro-Negro resta aguardar o desenrolar dessa negociação.  

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Conference League: história e formato da competição

A UEFA Europa Coference League, que em português se chama Liga Conferência Europa da UEFA, mas é conhecida como...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -