domingo, novembro 27, 2022

Fórmula 1: Lando Noris renova contrato com McLaren por quatro temporadas

Jogos

Um dos pilotos mais novos da atual geração da Fórmula 1, Lando Norris conseguiu renovar o seu contrato com a McLaren pelos próximos quatro anos. A escuderia anunciou nesta quarta-feira a ampliação do contrato. Ele foi contratado em 2019, temporada em que estreou na categoria. Neste ano, o time terá ainda Daniel Ricciardo em sua segunda temporada ao lado de Norris.

“A oportunidade de estender nosso relacionamento com Lando não reflete só nosso compromisso, mas nossa fé em seu talento. É também um forte sinal de confiança de Lando em nós e nossa jornada rumo à disputa do título mundial”, comentou Andreas Seidl, chefe da McLaren.

Aos 22 anos, Norris estreou na McLaren na Austrália, em 2019. Desde então, teve outras 59 largadas com a equipe, conquistando ainda uma pole position, no GP da Rússia de 2021, e cinco pódios.

“Lando mostrou um crescimento impressionante nos últimos quatro anos e tem sido uma parte fundamental do impulso e da trajetória de desempenho da equipe. Ainda estamos em nossa jornada para lutar na frente e Lando é um elemento-chave do nosso plano, então mantê-lo nos dá estabilidade à medida que construímos nosso objetivo final”, acrescentou Seidl.

A última temporada foi a mais consistente do jovem piloto com quatro pódios. “A temporada passada foi mais um grande passo, tanto na minha carreira quanto no desempenho do time. Vejo e sinto todo o trabalho, investimento e empenho para que o time esteja em condições de lutar por vitórias e títulos no futuro. Isso tudo me dá uma enorme confiança, então foi uma decisão natural estender nosso relacionamento”, disse Norris.

O próximo campeonato da Fórmula, que começa em 20 de março com o GP do Bahrein, será o quarto da carreira de Norris na categoria.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Costa Rica vence o Japão e embola o grupo E 

A Costa Rica aproveitou seu primeiro chute a gol nesta Copa do Mundo e marcou na vitória sobre o...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -