quarta-feira, setembro 28, 2022

Fórmula 1 rescinde acordo e não realizará o GP da Rússia

Jogos

A Fórmula 1 divulgou que rescindiu o contrato para a promoção do Grande Prêmio da Rússia. A decisão foi tomada em função da invasão russa à Ucrânia desde os últimos dias. O evento desta temporada, que aconteceria em Sochi, já tinha sido suspensa. Nesta quinta-feira, 3, todavia, a direção da modalidade confirmou que assinou a rescisão definitiva do contrato.

“A Fórmula 1 pode confirmar que rescindiu seu contrato com o promotor do Grande Prêmio da Rússia, o que significa que a Rússia não terá uma corrida no futuro”, diz o comunicado.

Depois da invasão ao território ucraniano na última semana, a Fórmula 1 declarou que não realizaria corrida na Rússia no final deste ano. A disputava estava agendada para o dia 25 de setembro. Naquele momento, o promotor do grande prêmio ainda citou que a corrida poderia ser adiada, apesar da suspensão momentânea do contrato.

Com a rescisão do contrato, a modificação da sede da corrida também está suspensa. A partir do próximo ano, a corrida aconteceria na pista de Igora Drive, em São Petersburgo, completamente reformado para a corrida. O contrato teria duração até 2025.

Vale salientar que a definição aconteceu ainda na última semana. Os dirigentes da principal modalidade de automobilismo do planeta entraram em contato com os chefes da equipe e resolveram encerrar o acordo.

Nos últimos dias, o esporte russo tem sofrido diversas sanções devido a invasão à Ucrânia. Por exemplo, a seleção de futebol foi eliminada das Eliminatórias e não estará na Copa do Mundo, bem como os atletas russos e de Belarus que não poderão disputar as Paraolimpíadas de Inverno.  

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Após a era Maradona, Messi é a esperança da Argentina para conquistar o Mundial

O atual momento da Argentina é cada vez mais positivo e a expectativa sobre essa equipe liderada por Messi...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -