sexta-feira, março 1, 2024

Jogadores do Barcelona ficam furiosos com erro de Arbritragem.

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

O clube não fez nenhum movimento que indicasse uma denúncia para a Uefa, embora membros do clube admitam que algo “cheira estranho”.

Os jogadores do Barcelona deixaram o Giuseppe Meazza ontem com o sentimento de que foram literalmente roubados. Tanto os jogadores quanto a comissão técnica ficaram indignados com a arbitragem do esloveno Slavko Vincic. Eles não entenderam as decisões que o árbitro tomou durante a partida, eles interpretam que foram prejudicados e que os lances tiveram impacto direto no resultado, o que certamente é uma verdade.

Sem reclamação formal

Diante do que aconteceu na partida, começou a tomar forma a opção de uma reclamação formal à UEFA por parte do Barcelona. No entanto, nesta quarta-feira e com as cabeças mais frias, foi decidido que essa posição não seria adotada pelo clube.

A sensação que havia era que no final de tudo pouco se conseguiria fazer já que a UEFA não iria mudar nada em relação ao resultado. Houveram conversas dentro do clube, mas no final prevaleceu não enviar essa reclamação para a UEFA.

Polêmica do jogo

Foi difícil para os catalães manter a compostura em suas entrevistas após o jogo. Eles sabiam que qualquer declaração fora de tom poderia ter algum tipo de repreensão por parte da UEFA, mas claro, deixaram sua posição clara.

Sergi Roberto foi um dos mais indignados na saída de campo.

“Eu não entendo. Eles nem sabem as regras das mãos. Eles nos pedem uma ação e depois não sinalizam a mesma jogada.” Disse o jogador espanhol.

O jogo teve vários lances polêmicos, como os dois impedimentos da Inter no primeiro tempo. Um terminou em gol anulado e o outro em pênalti não marcado. Mas o primeiro tempo estava sendo particularmente bom para o árbitro, até que tudo se complicou no segundo.

Primeiro, com um gol anulado de Pedri por uma mão na bola de Ansu Fati. Em teoria, todas as mãos no ataque são marcadas, mas segundo a regra não parecia ser o tipo de falta a ser marcada para a anulação do gol.

A confusão final veio quando o jogo chegou nos acréscimos. Vincic não viu Dumfries tocar a bola com a mão dentro da área, o lance de fato foi complicado e é normal que não tenha visto ao vivo. Mas menos compreensível é que o arbitro não marcou o pênalti quando o VAR entrou em ação. Aliás, o juiz nem mesmo foi até a tela na beira do campo para ver a repetição do lance, isso deixou os jogadores do Barcelona revoltados.

A maioria das imagens da transmissão não foram conclusivas nesse sentido, mas há uma que foi capaz de tirar as dúvidas e o clube queria uma explicação sobre isso.

Xavi na bronca

Há muito tempo Xavi vem propondo que os árbitros compareçam perante a mídia no final das partidas, ontem o técnico insistiu na ideia novamente.

“Estou chateado porque é uma injustiça que tivemos de sofrer. Acho que os árbitros deveriam falar e explicar por que não entendemos nada.” Falou o técnico.

Barcelona joga em casa contra a Inter no próximo dia 12 de outubro e precisa da vitória para seguir vivo na competição.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Palmeiras vence Portuguesa em jogo atrasado

Em jogo atrasado da quinta rodada do Campeonato Paulista, o Verdão ganhou da Portuguesa, por 2 a 0, no...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -