segunda-feira, abril 15, 2024

Lucas Paquetá na mira do City 

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

O brasileiro, que foi de destaque no Rubro-Negro à sensação do West Ham, tem deixado sua marca no futebol europeu. A Premier League, com sua intensidade e demanda tática, foi o palco onde Paquetá demonstrou sua evolução e versatilidade. Portanto, não é surpresa que o técnico Pep Guardiola, com seu olhar sempre aguçado para o talento, tenha voltado sua atenção ao meia. 

Por que o City vê Paquetá como peça-chave? 

A saída de Ilkay Gündogan deixou um vazio no meio-campo do Manchester City. Embora Kovacic, recentemente contratado dos Blues do Chelsea, seja um excelente reforço, Guardiola busca mais. A dinâmica de jogo de Paquetá, com sua habilidade nata, visão de jogo e capacidade de fazer a bola “correr”, poderia ser o complemento perfeito para o sistema tático do espanhol.  

A possível saída de Bernardo Silva só intensifica essa necessidade. A combinação de Paquetá com as estrelas do City tem tudo para ser explosiva, fazendo da Premier League um espetáculo ainda maior. 

Os desafios de uma negociação complexa 

Mas nem tudo é tão simples quando falamos de grandes negociações. O West Ham vê em Paquetá não apenas um jogador chave para seus esquemas táticos, mas também um ativo valioso. A oferta de 70 milhões de libras do City foi uma clara indicação de seu interesse, mas será suficiente para persuadir os Hammers?  

Além disso, os olhos do Flamengo também estão nessa negociação. Afinal, uma venda significativa de Paquetá poderia trazer benefícios financeiros para o clube brasileiro, graças ao mecanismo de solidariedade da FIFA. 

O futuro promissor sob o comando de Guardiola 

Se as estrelas se alinharem e Lucas Paquetá encontrar seu caminho para o Etihad Stadium, os torcedores do City poderão esperar o melhor do jogador. O estilo de jogo posicional de Guardiola, focado na posse de bola e pressão alta, é o cenário ideal para Paquetá brilhar. Com De Bruyne, Sterling e talvez Paquetá comandando o meio-campo, o City não seria apenas uma ameaça na Premier League, mas um sério concorrente para todas as honras europeias. 

As próximas semanas serão decisivas. Com a janela de transferências se fechando, os clubes estão contra o relógio. O Manchester City, com sua ambição sempre presente, e o West Ham, com seu desejo de crescer e solidificar sua posição, estão em uma batalha tática fora do campo. Em breve teremos os desfechos dessa negociação e Paquetá terá seu futuro definido.  

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

São Paulo perde em casa para o Fortaleza na estreia do Brasileirão

O São Paulo voltou a ser frustrado pelo Fortaleza no MorumBIS. O Tricolor paulista perdeu o quarto jogo consecutivo...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -