sexta-feira, abril 12, 2024

Os maiores artilheiros da história do Milan

Jogos
Carlos Catito
Carlos Catito
Nacionalidade Angolana, graduado em filosofia em Curitiba-PR, é redator profissional, já trabalha neste ramo a mais de 8 anos, com prognósticos em alguns sites de apostas esportivas.

Mesmo que o Milan nessa última década, não tenha tido um grande artilheiro, em sua grande história podemos destacar vários grandes goleadores que a equipe italiana já teve. Então por isso veja quais são os maiores artilheiros da história do Milan.

Top 4 maiores artilheiros do Milan

Gunnar Nordahl: o maior artilheiro da história do Milan, é o sueco Gunnar Nordahl. Ele que jogou pelo Milan na decáda de 50 entre os anos de 1950 até 1956, e durante essa época ele conseguiu conquistar alguns títulos pela equipe italiana. Durante esse 6 anos no Milan, ele fez 262 jogos e marcou 214 gols.

Shevchenko: o segundo maior artilheiro do Milan e o jogador mais famoso dessa lista, é o ucraniano Andriy Shevchenko. Mais conhecido como apenas Shevchenko, sua primeira e mais duradora passagem pelo Milan, aconteceu entre os anos de 1999 até 2006 e sua última passagem foi na temporada de 2008-09. Ao todo ele possui 322 partidas e 175 gols marcados.

Gianni Rivera: o primeiro goleador italiano dessa lista, é o Gianni Rivera. Além de ser o primeiro italiano, ele é também o goleador com mais jogos dessa lista. Ele jogou pelo Milan durante 19 anos, desde 1960 até 1979. Durante esses muitos anos, o Rivera fez 652 partidas e marcou 163 gols pelo Milan.

José Altafini: e para completar essa lista, temos o José Altafini, ele que nasceu aqui no Brasil mas jogava pela seleção da Itália. Altafini jogou pelo Milan entre os anos de 1958 até 1965, durante esse tempo vários títulos pela equipe italiana. Ao todo ele fez pelo Milan 235 partidas e marcou 150 gols.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Monterrey vence Inter Miami e avança na Liga dos Campeões da Concacaf

Pelo jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Concacaf, o Monterrey não tomou conhecimento...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -