Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Rodada da NBA

26/01/2017 - 11:30 - Basquete

por Flávio Figueiredo

DE OLHO EM RUSSEL WESTBROOK - Não ter mais Kevin Durant como seu companheiro de ataque parece estar ajudando Russell Westbrook a colocar também ele seu nome na história da NBA. Na noite de quarta-feira, o armador ajudou o Oklahoma City Thunder a vencer o New Orleans Pelicans por 114 a 105, fora de casa, com mais um "triple-double". Foi o 60.º dele na carreira, ultrapassando o lendário Larry Bird. Agora ele é o quinto no ranking de todos os tempos da liga norte-americana.


Só nesta temporada, foi a 23ª partida em que ele alcançou dois dígitos em três estatísticas - anotou 27 pontos, pegou 12 rebotes e deu 10 assistências. Como o jogo foi o 46.º do Thunder na temporada, a média dele é de um triple-double a cada duas partidas, exatamente o que fez Oscar Robertson em 1961/62. Ou seja: Westbrook caminha para igualar o recorde.

Com Westbrook em grande forma, o Thunder vai garantindo mais uma participação nos playoffs. A equipe aparece em sexto no Oeste, com 27 vitórias e 19 derrotas, brigando diretamente pelo quarto lugar com Los Angeles Clippers, Utah Jazz e Memphis Grizzlies. Já o Pelicans é o 11.º e, apesar da campanha negativa - perdeu 28 e ganhou só 18 -, ainda briga pelo oitavo lugar do Oeste.

FEZ A PARTE DELE, MAS NÃO ADIANTOU - Quem também conseguiu um triple-double na quinta à noite foi LeBron James, o quinto dele na temporada, mas de nada adiantou. Mesmo com a grande atuação do seu astro, o Cleveland Cavaliers perdeu por 116 a 112 para o Sacramento Kings, em casa. A partida teve ares de suspense e até 3 segundos do final o Cleveland vencia por 104 a 102 quando numa penetração do ala-pivô DeMarcus Cousins deixou tudo igual no placar em 104 pontos e a partida foi para a prorrogação.

Faltando 2min30s no tempo extra, o Cavaliers vencia por 111 a 106. Depois disso, porém, a equipe parou de jogar. LeBron errou um arremesso de quadra, cometeu um turnover e depois perdeu a chance de empatar a partida com uma tentativa de três pontos a 10 segundos do fim. Em dois minutos e meio, a equipe da casa anotou só um ponto.

Esse é o pior momento dos Cavs na Temporada, que perdeu seis das últimas oito partidas. Com 30 vitórias e 14 derrotas, segue liderando no lado Leste com alguma folga, isso porque o Toronto Raptors também vem em péssima fase, com cinco derrotas seguidas. O Kings, que teve DeMarcus Cousins com 29 pontos, 11 rebotes e nove assistências, é apenas o 10.º do Oeste.

DEU A LÓGICA - Dono da melhor campanha, o Golden State Warriors se recuperou da surpreendente derrota para o Miami Heat, na terça, vencendo o Charlotte Hornets por 113 a 103, fora de casa. O protagonista da noite foi Kevin Durant, com 33 pontos. O astro Stephen Curry fez seis cestas de três pontos e fechou a partida com 28 pontos. Anderson Varejão, como de costume, nem saiu do banco.

QUE FASE!! - Em Memphis, o Grizzlies passou pelo Raptors por 101 a 109, com fantásticos 42 pontos de Marc Gasol, melhor pontuação dele na carreira. Lucas Bebê foi incapaz de pará-lo, mas teve outra grande atuação, desta vez como reserva. O brasileiro marcou oito pontos e pegou oito rebotes. Mais uma vez teve 100% de aproveitamento dos arremessos de quadra – 4/4. Com média de 68,1%, ele é o segundo melhor da liga, só atrás de DeAndre Jordan.

Os Raptors seguem em segundo na Conferência Leste e acumulam cinco derrotas consecutivas, não aproveitando o péssimo momento que vive o Cleveland.

BUTLER JOGOU MUITO MAS DEU HAWKS - Para Cristiano Felício, a noite não foi das melhores. O brasileiro ficou em quadra por 19 minutos e só marcou quatro pontos, além de ter pego seis rebotes, na derrota do Chicago Bulls para o Atlanta Hawks por 119 a 114. Jimmy Butler fez 40 pontos, enquanto Dwyane Wade anotou 33 para o Bulls, apenas o oitavo do Leste, novamente com campanha negativa - 23 vitórias, de 24 derrotas.

CLÁSSICO – No jogo dos terceiros colocados, o Celtics bateu o Houston Rockets por 120 a 109, em casa. Com 38 pontos de Isaiah Thomas, que há praticamente um mês faz pelo menos 24 pontos por partida. Com 29,1 pontos em média, ele já é o segundo cestinha da temporada, só atrás de Westbrook, com 30 7. Terceiro nesta estatística, com 28,6 pontos, James Harden foi até melhor que a média dele, anotando 30 pontos na derrota do Rockets. Também deu 12 assistências - ele lidera a temporada com 11,6 de média.

O brasileiro Nenê foi mais uma vez poupado pelo técnico do Rockets, que aparece em terceiro no Oeste, ainda com campanha melhor que do Cavaliers - importante para uma eventual final. O Celtics, por sua vez, é o terceiro do Leste. Com 27 vitórias, está a uma de passar o Raptors.

 

Acompanhe a rodada desta quinta-feira na NBA:

Oklahoma City Thunder x Dallas Mavericks

Minnesota Timberwolves x Indiana Pacers

Denver Nuggets x Phoenix Suns

Utah Jazz x Los Angeles Lakers

 

Leia mais:

Heat acaba com série de vitória dos Warriors

Rodada da NBA 18/01

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 SAN x AME

ver dica

Confiança

85%
2 CHA x GRE

ver dica

Confiança

85%
3 FLA x SPO

ver dica

Confiança

85%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão Semana 33

RANKING

1 tania ***

485,00

2 Claudio ***

470,00

3 Marcos ***

350,00

4 walter ***

0,00

5 MARCOS LEANDRO ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes