Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Virou freguês: Warrios bate Cavs e se consolida na ponta do Oeste

26/12/2017 - 15:13 - Basquete

por Flávio Figueiredo

Warriors e Cavaliers fizeram jus ao título de maior rivalidade recente da NBA. No primeiro reencontro desde as Finais da temporada passada e terceiro duelo seguido na tradicional rodada de Natal, os dois times fizeram partida tensa na noite desta segunda-feira, com clima de playoff, e decidida apenas nos segundos finais. Melhor para o Golden State, que mesmo sem o astro Stephen Curry - ainda se recuperando de lesão -, contou com uma defesa sufocante liderada por Kevin Durant e Draymond Green para segurar LeBron James e o Cleveland: 99 a 92.

Foram nada menos que cinco tocos para Durant no jogo. Candidato a melhor defensor da temporada, o craque dos Warriors foi fundamental para o triunfo, parando LeBron duas vezes no minuto final, em lances polêmicos, com bastante reclamação de falta por parte dos Cavaliers. Mas o fato é que a intensa marcação do Golden State fez a diferença em toda a partida para os donos da casa. De quebra, os atuais campeões voltam ao topo da Conferência Oeste, beneficiados pela terceira derrota seguida do Houston Rockets, que caiu para o Thunder na rodada.

Além de comandar o sistema defensivo, Durant ainda terminou como cestinha dos Warriors, com 25 pontos. Klay Thompson também fez sua parte na frente, com 24 pontos - incluíndo cesta de três decisiva no último minuto. Outro gigante do Golden State foi Draymond Green, que anotou seu primeiro triplo-duplo na temporada: 12 pontos, 12 rebotes e 11 assistências.

Nos Cavaliers, destaque maior para Kevin Love, com duplo-duplo enorme de 31 pontos e 18 rebotes. LeBron James também fez boa partida, mas abaixo do nível de MVP que vem atuando na temporada: 20 pontos, seis rebotes e seis assistências. Jae Crowder contribuiu com 15 pontos e Dwyane Wade saiu do banco para anotar outros 13.

Tensão, equilíbrio e Warriors na frente: o jogo começou com defesas sufocantes e nervosismo em quadra, resultando em quase dois minutos sem pontos até Jae Crowder abrir o placar para os visitantes. Um pouco melhor sob comando de LeBron e Kevin Love, o Cleveland chegou a abrir seis de frente (16 a 10) e viu dois dos principais nomes do rival de cabeça quente. Kevin Durant e Draymond Green foram punidos com falta técnica - a oitava de cada um na temporada, líderes da NBA nesse quesito. Sem cuidar bem da bola, os Warriors ainda cometeram sete desperdícios e fecharam o primeiro período atrás do placar: 28 a 24 para os Cavs.

No segundo período, os Warriors se acalmaram os ânimos, cuidaram melhor da bola (apenas três turnovers) e, pouco a pouco, foram equilibrando a partida. Shaun Livingston, voltando de lesão, David West e Omri Casspi saíram bem do banco e chegaram a empatar o placar em 31 a 31. Após descansar alguns minutos, Kevin Durant entrou novamente e manteve o bom momento dos donos da casa, que assumiram a liderança pela primeira vez a três minutos do fim do segundo período e foram para o intervalo na frente: 46 a 44 para Golden State.

Defesa faz a diferença para o Golden State: a intensidade do jogo continuou na volta para o segundo tempo. Com uma defesa rápida e firme, os Warriors complicaram bastante a vida do ataque dos Cavs e limitaram os rivais a menos de 30% de aproveitamento de arremessos. No lado ofensivo, os jovens Patrick McCaw e Jordan Bell - substitutos dos lesionados Stephen Curry e Zaza Pachulia - ajudaram a manter o Golden State na frente. Muito bem no jogo, Kevin Love foi o grande responsável por evitar que o rival deslanchasse e o Cleveland conseguiu ir para o último período com apenas quatro pontos de desvantagem: 71 a 67 para os donos da casa.

A dupla LeBron James e Dwyane Wade entrou querendo jogo no quarto período. Porém, quando os Cavs encostavam no placar, Draymond Green aparecia com uma bola de três para esfriar a reação dos rivais. A defesa do Golden State continuou infernizando os visitante e os contra-ataques foram mantendo a vantagem até que, a cinco minutos do fim, as bolas de três passaram a funcionar para o Cleveland, que cortou a diferença para apenas dois (90 a 88) e o jogo pegou fogo na reta final. Com o placar empatado em 92 a 92 a um minuto e meio do fim, Klay Thompson colocou bola de três para os Warriors. Na sequência, Durant neutralizou LeBron James duas vezes para garantir a vitória: 99 a 92 para os Warriors.

Warriors em vantagem no Natal: o Golden State agora soma duas vitórias e uma derrota contra o Cleveland nos três confrontos seguidos entre as duas equipes no dia 25 de dezembro. O curioso é que, nos dois primeiros duelos da série, o time vencedor na rodada de Natal levou a melhor nas Finais, o que pode não ser bom sinal para a equipe de Oakland. Vindo de três decisões seguidas da NBA, Warriors e Cavaliers podem se tornar os primeiros a se enfrentarem quatro vezes seguidas nas Finais da liga americana de basquete.

Campanhas

Próximos jogos

*Texto e imagem: Sportv.com

# Aposte nas franquias da NBA acessando a .

 

Leia Mais:

Bulls não resistem e se curvam para LeBron

Sequência de vitórias, anima o Bulls

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 EIB x BAR

ver dica

Confiança

80%
2 MAD x BET

ver dica

Confiança

85%
3 LEV x ATL

ver dica

Confiança

85%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes