Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Lewis Hamilton vence no Canadá e diminui vantagem para Vettel

12/06/2017 - 11:34 - Corrida

por Flávio Figueiredo

Lewis Hamilton garantiu a dobradinha da Mercedes no Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1, seguido pelo seu companheiro Valtteri Bottas, que terminou mais de 15 segundos atrás do inglês.

Quando as luzes se apagaram num quente, mas ventoso Circuito Gilles Villeneuve, o pole Hamilton conseguiu sair tranquilamente na frente, com os problemas acontecendo atrás dele.

Max Verstappen pulou de quinto para segundo, ultrapassando tranquilamente Bottas e Sebastian Vettel, mas seu pneu traseiro esquerdo atropelou a asa dianteira de Vettel, causando algum ano. E este dano piorou nas voltas seguintes, que foram feitas atrás do Safety Car por conta do grande acidente envolvendo Romain Grosjean, Carlos Sainz Jr. e Felipe Massa.

A corrida foi marcada por um forte acidente logo na primeira volta entre Sainz, da Toro Rosso, e Massa, da Williams, tirando os dois pilotos da prova logo na Curva 3. Sainz forçou para cima de Grosjean, da Haas, os dois se tocaram, o espanhol perdeu o controle e acabou “atropelando” o brasileiro.

Algumas voltas depois, depois da entrada do Safety Car causada por este acidente, elementos da asa dianteira de Vettel, da Ferrari, acabaram quebrando, forçando-o a parar para substituí-la, enquanto Hamilton liderava sobre Verstappen, da Red Bull, e Bottas.

O alemão da Ferrari terminou na quarta colocação depois de fazer uma bela prova de recuperação e ultrapassar as Force India de Sergio Perez e Esteban Ocon, que terminaram em quinto e sexto colocados, respectivamente. Hamilton conseguiu construir uma vantagem confortável até o momento em que Verstappen sofreu de um problema em seu motor, promovendo Bottas para segundo, deixando a dobradinha da Mercedes “fácil de ser conquistada”.

A vantagem de Vettel no campeonato sobre Hamilton foi agora cortada para 12 pontos, enquanto a Mercedes pulou para frente da Ferrari por oito pontos. Ricciardo lucrou com este drama para assumir a terceira posição. Hamilton ficou muito mais tempo do que Bottas antes de fazer sua parada e sair com uma grande vantagem, que ele aumentou nos pneus supermacios, ao invés dos macios, escolhidos por Bottas e Ricciardo.

Hamilton e Bottas andaram no mesmo ritmo, separados por cerca de 20 segundos, até receber a bandeira quadriculada, com Ricciardo cerca de 15 segundos mais atrás como a única Red Bull restante na corrida. Atrás, houve um certo atrito entre os pilotos da Force India e Ferrari, sendo que Kimi Raikkonen acabou saindo da disputa por conta de problemas em seus freios na fase final.

 

Melhores Momentos do GP do Canadá 2017:

# Realize apostas ao vivo com as melhores cotas e mercados. Na , você se CADASTRA E GANHA R$ 300,00 PARA COMEÇAR A JOGAR.

 

Perez segurou a quarta posição durante a maior parte da corrida, ignorando repetidas instruções de deixar seu companheiro Ocon passar e atacar Ricciardo pela última posição no pódio. Vettel se aproximou da dupla, com a Ferrari adotando uma estratégia de duas paradas, e ultrapassou Ocon na Curva 1, depois de o jovem tomar uma fechada de Perez na chicane final. Logo depois, Vettel também partiu para cima de Perez, que acabou ficando para Ocon, mas conseguiu segurar a quinta posição, depois de uma outra disputa apertada na última volta.

Raikkonen levou com cuidado seu carro até o final para ser sétimo, seguido por Nico Hulkenberg, da Renault, e o novato da Williams, Lance Stroll, que marcou seus primeiros pontos em solo caseiro. Grosjean, que foi forçado a trocar de asa dianteira depois do incidente com Sainz, recuperou-se para conquistar o último ponto em disputa, defendendo-se de Jolyon Palmer no final.

Kevin Magnussen recebeu uma punição de cinco segundas por ultrapassar sob Safety Car Virtual a caminho da 12ª posição, com as duas Sauber tendo Stoffel Vandoorne entre elas. Fernando Alonso liderava o resultado da McLaren, chegando a andar em quarto antes do seu pit-stop, mas qualquer esperança de pontuar acabou quando seu motor explodiu.

Daniil Kvyat foi outro piloto a abandonar, reclamando pelo rádio depois de ser punido por duas vezes por não largar da posição correta do grid, depois de deixar seu carro morrer no momento de partir para volta de apresentação. A Fórmula 1 volta à ação em duas semanas, entre os dias 23 e 25 de junho, para o GP do Azerbaijão.

 

Confira o resultado do GP do Canadá, em Montreal:

1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
2) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
3) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)
4) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
5) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)
6) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes)
7) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)
8) Nico Hülkenberg (ALE/Renault)
9) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)
10) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)
11) Jolyon Palmer (ING/Renault)
12) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)
13) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)
14) S.Vandoorne (BEL/McLaren-Honda)
15) Pascal Wehrlein (ALE/Sauber-Ferrari)
OUT) Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda)
OUT) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault)
OUT) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer)
OUT) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)
OUT) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Renault)

# Para nova vitória de Lewis Hamilton no GP do Azerbaijão, a  paga 1.909. Aproveite!!!

 

Leia Mais:

"Somos livres para competir" afirma Raikkonen sobre polêmica em Mônaco

Lewis Hamilton é o piloto mais bem pago do mundo segundo a Revista Forbes

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 ATH x ATL

ver dica

Confiança

85%
2 MAD x CEL

ver dica

Confiança

80%
3 CAG x FIO

ver dica

Confiança

85%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão Rodada 11

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes