Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


O Circo vai pegar fogo

03/03/2017 - 15:49 - Corrida

por Flávio Figueiredo

No período da manhã do último dia de testes, da primeira semana, de pré-temporada da Fórmula 1, em Barcelona, tanto Felipe Massa quanto Lewis Hamilton perderam a sessão usada para avaliar os pneus de pista molhada, realizada nesta quinta-feira no Circuito da Catalunha. Após ter encontrado danos no FW40, causados pelo choque do novato Lance Stroll com o muro na tarde desta quarta-feira, a Williams decidiu não mandar o brasileiro para a pista, por questões de segurança, como segue comunicado da equipe inglesa:


"Depois de uma inspeção completa durante a madrugada, encontramos danos no chassi do FW40. Por isso, por questões de segurança, não iremos a pista hoje. Um segundo chassi será preparado nesta tarde, como já esperado, com o time visando voltar a pista para a segunda semana de teste de pré-temporada, que começa na próxima semana, no dia 7 de março"


O tricampeão mundial Lewis Hamilton, não pode participar do treino devido a uma falha elétrica, o britânico não conseguiu sair dos boxes com o W08. Após resolverem o problema, o time alemão decidiu mandar Valtteri Bottas para treinar. Do lado de fora dos boxes, Kimi Raikkonen foi soberano e liderou a sessão, com a marca de 1m22s305.


Perguntado sobre o novato Lance Stroll, Lewis tratou de dar suporte ao novato piloto da Williams, tratando com naturalidade o acidente sofrido por ele: "Eu sinto por ele, no sentido de que é o ano mais difícil para entrar na Fórmula 1. Sei que está viajando ao redor do mundo testando o carro da Williams, ele definitivamente tem mais tempo de preparação do que qualquer outro piloto. É de se esperar, não é um carro fácil de dirigir. É muito mais rápido nas curvas, a precisão é ainda mais importante do que antes. O carro do ano passado é fácil em comparação com o deste ano", comentou Hamilton, acreditando que as mudanças para esta temporada criaram desafios aos pilotos do grid.


O início da manhã de quinta foi dedicado ao teste dos pneus de pista molhada, um pedido da Pirelli, após reclamações dos pilotos sobre a borracha usada nestes compostos. O Circuito da Catalunha foi artificialmente molhada com oito caminhões pipas, que despejaram 250 mil litros de agua ao logo do traçado. Kimi Raikkonen e Max Verstappen foram os mais rápidos da manhã, anotando tempos na casa dos 1m40s com os pneus de chuva extrema (azul). Ao mudar para os intermediários (verde), Verstappen quebrou a barreiro do 1m30s. Mas foi o Homem de Gelo quem calçou os pneus slicks primeiro. De pneus macios (amarelo), o finlandês anotou 1m25s557. Kimi chegou a perder a liderança para Sergio Pérez, mas retomou com a marca de 1m22s662, terminando a sessão no topo.


O campeonato terá início dia 20 de março, na Austrália, no Circuito de Albert Park, em Melbourne.

 

Leia mais:

Carreira do "professor"

Após 40 anos, Bernie Ecclestone é "demitido" da Fórmula 1

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 GOI x VAS

ver dica

Confiança

80%
2 AVA x CRU

ver dica

Confiança

80%
3 BOT x CAP

ver dica

Confiança

80%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes