Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Caso Victor Ramos é encerrado e Inter jogará a Série B em 2017

06/04/2017 - 21:43 - Futebol

por Flávio Figueiredo

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) anunciou nesta quinta-feira (6) que não tem competência para julgar o caso Victor Ramos e decidiu por encerrá-lo. Assim, o Internacional esgotou todas as tentativas na justiça esportiva de tentar reverter sua inédita queda para a Série B do Brasileiro. A decisão acontece dentro de prazo de dois dias que a CAS pediu na última terça, quando aconteceu a audiência em sua sede, em Lausane (SUI), envolvendo Inter, Vitória e CBF, para analisar se poderia julgar o mérito da ação.

O caso Victor Ramos, desta forma, foi encerrado neste 6 de abril de 2017 sem jamais ter sido levado a julgamento em qualquer instância. O processo foi levado à procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas foi arquivado; depois, o clube colorado pediu uma audiência na CAS e foi atendido, porém não houve julgamento.

O Inter, além de jogar a segunda divisão nacional pela primeira vez em sua história, vai arcar com os custos do processo na máxima instância jurídica do esporte: 8 mil francos suíços (R$ 24,92 mil) à CBF, 12 mil francos suíços (R$ 37,38 mil) ao Vitória e 50 mil francos suíços (R$ 155,75 mil) ao tribunal.

"Acaba de sair decisão do Tribunal Arbitral do Esporte em Lausanne, na Suiça, e ela foi 100% favorável ao Esporte Clube Vitória. O TAS decidiu que não há jurisdição para o tribunal, entende que o pedido do Internacional deve ser INDEFERIDO, e o time gaúcho ainda terá que pagar multa ao rubro-negro baiano e à CBF. O VITÓRIA, PORTANTO, É SÉRIE A!!! Vitória em campo e fora dele", escreveu o clube baiano em sua página no Facebook.

Minutos Finais do Jogo que Rebaixou o Inter:

Mais tarde, a CAS também emitiu nota referente a decisão:

A CAS (Corte Arbitral do Esporte) chegou hoje a uma decisão sobre o processo de apelação arbitral iniciado pelo time de futebol brasileiro Sport Club Internacional contra o Esporte Clube Vitória da Bahia, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol e o Procurador-Geral do STJD. A CAS não tem jurisdição para ouvir a apelação do Internacional contra as infrações 425/2016 e 71/2016 que foram decididas pelo Procurador-Geral do STJD em 19 de dezembro de 2016.

De acordo com essa decisão, os processos na CAS foi concluído e a tabela do Campeonato Brasileiro Série A de 2016 não será modificada.

O Sport Club Internacional entrou com duas apelações na CAS em janeiro de 2017 com duas alegações de infrações sobre a decisão do Procurador-Geral do STJD em dezembro de 2016, na qual o Procurador-Geral se recusou a investigar anormalidades no registo do jogador Victor Ramos, do Esporte Clube Vitória.

Na apelação à CAS, o SC Internacional pediu ao painel da CAS para que pontos fossem retirados do EC Vitória, de forma que o Internacional terminasse o Campeonato Brasileiro Série A de 2016 em 16º lugar, à frente do EC Vitória.

O processo foi conduzido de maneira acelerada para que a CAS pudesse emitir sua decisão antes do início do Campeonato Brasileiro Série A de 2017. Uma audiência foi realizada na sede da CAS em Lausanne, na Suíça, em 4 de abril de 2014, durante a qual o painel de árbitros decidiu que não há jurisdição sobre o caso.

 

Leia mais:

Inter contrata volante

"A culpa é do Juiz"

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 CEA x STA

ver dica

Confiança

85%
2 ABC x VIT

ver dica

Confiança

75%
3 BRA x PAN

ver dica

Confiança

90%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão Rodada 11

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes