Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Com o Time Acertado, o Individual Aparece

27/03/2017 - 15:37 - Futebol

por Samir Valerio

O técnico Tite conseguiu dar um padrão de jogo e um senso de equipe que reflete individualmente, como é o caso do atacante Neymar que vive a sua melhor fase na Seleção Brasileira, com uma média de 1,83 gols com participação direta por jogo, dividido em cinco de sua própria autoria e seis com assistências para companheiros.

O atacante participou de seis dos sete jogos comandado por Tite e viu, não só os números crescerem, mas também a qualidade de suas atuações melhorar já que o esquema implantado pelo técnico, a distribuição de jogadas por todo o campo e a capacidade de atuar como uma equipe fez com que a estrela brasileira ficasse mais confortável em campo, sem ter que decidir todas as partidas, como se fosse o único que pudesse fazer isso.

NEYMAR

O estranho que esse pensamento fez Neymar se tornar mais decisivo que na era Dunga, quando a incapacidade do treinador obrigava o atacante a tentar sempre decidir as partidas. Com o antigo treinador, Neymar atuou apenas em três jogos pelas eliminatórias, não marcando em nenhuma oportunidade e fazendo apenas duas assistências que resultaram em gols, média de 0,67 gol por partida com sua participação direta.

Outro jogador que viu o seu rendimento melhor após a chegada de Tite foi o zagueiro Miranda, que ao lado de Marquinhos compõe o setor defensivo que sofreu apenas dois gols com o novo treinador. Não somente isso, Miranda jogou os sete jogos das eliminatórias pendurado com um cartão amarelo, o único recebido no último jogo da era Dunga diante do Paraguai, no empate de 2 a 2 em março de 2016, e dela lá para cá não foi mais advertido pelos árbitros. Defesa menos exposta, já que o time todo participa da marcação, facilitou as intervenções do zagueiro, mesmo em jogos que teve pela frente os principais atacantes das Américas, como Guerrero, Cavani e Lionel Messi.

miranda

 

Todos esses números comprovam uma extrema melhora após a chegada de Tite, mas é necessário colocar toda esse eficiência a prova contra as principais seleções do mundo, entre elas as europeias, na qual o Brasil não enfrenta desde a vitória por 3 a 1, diante da França em Paris, na estreia de Dunga na segunda passagem como treinador da seleção.

Tite já havia solicitado, o ano passado um amistoso contra a Alemanha, mas o calendário não proporcionou o encontro esse ano, assim o jogo será em março de 2018, em Berlim. Vale lembrar que na próxima data Fifa, em junho, o Brasil fará dois amistosos em Melbourne, no dia 9 contra a Argentina e no dia 13 contra a seleção Australiana, depois, volta a disputar as eliminatórias contra o Equador, Colômbia, Bolívia e Chile.

Planejamento a todo vapor para chegar a Rússia 2018 voando.

 

Essa matéria e muito mais você encontra aqui no EsportesOnline

LEIA MAIS:

- Preferidos de Tite

- Conheça o histórico entre Brasil e Paraguai

- Por que Paulinho é o jogador do Centenário?

 

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 GOI x VAS

ver dica

Confiança

80%
2 AVA x CRU

ver dica

Confiança

80%
3 BOT x CAP

ver dica

Confiança

80%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes