Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Duelo brasileiro nesta quarta pela Libertadores

03/07/2017 - 14:04 - Futebol

por Flávio Figueiredo

O único encontro das oitavas de final da Copa Libertadores edição 2017 que envolve apenas equipes brasileiras terá seu pontapé inicial nesta quarta-feira, 5 de julho. A partir das 19h15 (horário de Brasília), no estádio Durival Britto, a Vila Capanema, o Atlético-PR recebe o Santos.

Por estar a Arena da Baixada cedida para a disputa da Liga Mundial de Vôlei, o Furacão não poderá contar com seu estádio. Fosse isso na temporada 2016, os números alertariam que seria um grande ‘desfalque’. Afinal, no ano passado, o rubro-negro foi o melhor mandante do Brasileirão e mostrou-se quase imbatível em seus domínios.

No entanto, o desempenho de 2017 relativizou essa vantagem. Após 11 rodadas do Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR aparece apenas como décimo oitavo melhor mandante com apenas sete pontos somados dos 15 possíveis. Foram duas vitórias, um empate e duas derrotas com seis gols marcados e seis sofridos.

O mesmo vale quando se leva em consideração à Copa Libertadores da América. Os melhores resultados obtidos pelo time, incluindo a vitória que lhe rendeu a classificação para as oitavas de final, foram conseguidos como visitante. O Furacão completou sua participação no grupo 4 com dez pontos (3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas). Foi a mesma pontuação do San Lorenzo, da Argentina, que acabou levando a melhor nos critérios de desempate.

Dessa forma, o Furacão não terá o direito de decidir a classificação para as oitavas de final em seus domínios onde, na fase de grupo da Libertadores, tem uma vitória, um empate e uma derrota. Se forem considerados os duelos da fase classificatória, esses números são modificados somando duas vitórias, dois empates e uma derrota. É um desempenho superior ao obtido no Brasileirão no mesmo número de partidas.

A competição tem sido a grande prioridade da equipe na temporada, mas antes de o técnico Eduardo Baptista assumir o comando do Furacão. Ele fará sua estreia na competição em que o clube teve Paulo Autori como técnico nas etapas anteriores. Manteve a estratégia determinada anteriormente ao escalar um time misto para enfrentar no domingo, 2 de julho, o Sport, pelo Brasileirão. Perdeu por 1 a 0 ficando estacionado nos 14 pontos (4 vitórias, 2 empates e 5 derrotas). São três a mais que o São Paulo, que abre a zona de rebaixamento.

Cinco atletas que foram poupados da partida devem ser escalados para encarar o Santos. São eles o lateral-direito Jonathan, o zagueiro Thiago Heleno, o lateral-esquerdo Sidcley, o volante Otávio e o meia-atacante Nikão.

Ainda deve acontecer uma sexta modificação em relação ao time derrotado em Pernambuco. Como o defensor Wanderson está suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos, o veterano Paulo André, que estava afastado do time há cerca de 15 dias por contusão, deve voltar a ser relacionado como titular.

O atacante Pablo segue como dúvida. Com problemas familiares, ele foi dispensado pela diretoria e depende da resolução da questão particular para saber se poderá ser usado por Eduardo Baptista.

 

Melhores Momentos de Universidad Católica 2 x 3 Atlético Paranaense (Libertadores 2017):

# Realize apostas ao vivo com as melhores cotas e mercados. Na , você se CADASTRA E GANHA R$ 300,00 PARA COMEÇAR A JOGAR.

 

Embora em situação melhor no Brasileirão, o Santos mostrou seu desprezo pela competição ao escalar apenas três jogadores que são considerados titulares para enfrentar no sábado, 1º de julho, o Atlético-GO, em Goiânia, pela décima primeira rodada da competição. Acabou tendo que se contentar com o empate, por 1 a 1, diante de um time na zona de rebaixamento.

Assim, o Peixe acabou comprometendo ainda mais suas chances de bom desempenho no Campeonato Brasileiro. Com 17 pontos (5 vitórias, 2 empates e 4 derrotas), viu o Corinthians, líder, abrir sua vantagem para 12 pontos.

Da equipe que deve ser escalada para enfrentar o Atlético-PR, apenas o goleiro Vanderlei, o zagueiro David Braz e o atacante Kayke foram usados desde o início no jogo contra o rubro-negro goiano. O volante Thiago Maia e o meia Lucas Lima entraram no decorrer da partida.

O lateral-esquerdo Caju, que não é um titular absoluto, disputou o jogo inteiro em Goiânia e pode ganhar oportunidade no time principal diante do Furacão. Isso porque não há outros especialistas para a posição disponíveis e Jean Mota, que vinha sendo improvisado no setor, não teve bom desempenho na partida da última quarta-feira, 28 de junho, em que o alvinegro perdeu para o Flamengo, por 2 a 0, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Só que Caju não foi bem contra o Atlético-GO, o que pode fazer com que o treinador recorra novamente a Mota. O titular do setor é Zeca, que passou uma cirurgia no joelho em abril, voltou ao time e sofreu lesão muscular no final de maio e está afastado desde então.  O colombiano Copete, que também foi improvisado no setor quando Dorival Júnior era técnico, é outra opção.

Dúvida para o jogo também virou o atacante Vítor Bueno. Com dores no joelho, deixou o campo na partida em Goiânia ainda na etapa inicial. Terá que ser submetido a novos exames para determinar a gravidade da lesão.

# Nosso especialista fez o PROGNÓSTICO para esse jogo. Leia e APOSTE em .

 

Leia Mais:

Proposta fake? Presidente do Santos fala de oferta falsa por Lucas Lima

Galo não terá zagueiro titular para Libertadores

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 GOI x VAS

ver dica

Confiança

80%
2 AVA x CRU

ver dica

Confiança

80%
3 BOT x CAP

ver dica

Confiança

80%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes