Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Dunga x Tite em Números e Fatos

24/03/2017 - 11:32 - Futebol

por Flávio Figueiredo

Com a goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai, na última quinta-feira (23) a seleção garantiu classificação para a Copa do Mundo de 2018, segundo as contas de Tite. Mais do que a colocação nas Eliminatórias, muita coisa mudou desde a chegada do treinador à Seleção.

Faltavam motivos para o Brasil sorrir com o Dunga. Quando ele foi demitido, em junho do ano passado, a Seleção estava em sexto lugar nas Eliminatórias. O torcedor brasileiro estava distante da seleção. Dunga dirigiu a equipe em seis partidas nas Eliminatórias. Tite chegou a sete jogos e sete vitórias e líder da competição.

Enquanto Dunga somou nove de 18 pontos, Tite conseguiu 100% de aproveitamento. Os gols também aumentaram consideravelmente. Com o ex-treinador, foram 11 tentos. Já com o novo, são 21 bolas nas redes. Seleção pulou do quarto para o primeiro lugar em gols nas Eliminatórias.

Marcação vinha sendo um problema com Dunga. Até ele sair, o Brasil tinha apenas a quinta melhor defesa das Eliminatórias ao lado da Colômbia, com oito gols sofridos. Com Tite, a equipe foi vazada apenas duas vezes e já é a melhor no quesito na competição.

Embora se falasse muito da “Neymardependência”, o camisa 10 passou em branco nas Eliminatórias sob o comando de Dunga. Com Tite, ele já marcou cinco vezes e é o artilheiro do Brasil na competição ao lado de Gabriel Jesus. Na última quinta teve até golaço...

Nasce uma estrela! Gabriel Jesus foi um dos grandes “achados” do técnico Tite. O jogador foi convocado para a seleção principal depois da saída de Dunga e rapidamente se firmou como titular. Ele foi titular em seis partidas e marcou cinco gols!

Arriscar, que não era o forte do conservador Dunga. Nas vésperas da convocação da Seleção para a Copa do Mundo de 2010, Paulo Henrique Ganso e Neymar voavam pelo Santos e o, então comandante, os ignorou. Resultado, precisamos de um atacante contra a Holanda e não tivemos.

Em busca de um time ideal, Dunga fez diversas modificações, mas não conseguiu encontrar um time ideal. Com o ex-treinador, 23 jogadores diferentes entraram em campo pelo Brasil nas Eliminatórias. Já com Tite, o número caiu para 20.

Com o Tite, a equipe evoluiu nos seguintes quesitos: drible (110%), finalizações (16%) e cruzamentos (21%). As finalizações dos adversários, por outro lado, caíram em 40%.

Jogadores que vinham sem espaço voltaram a ganhar chance com Tite na Seleção. O volante Paulinho é um caso emblemático. Homem de confiança de Tite, ele marcou três gols na goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai na última quinta-feira, em Montevidéu.

Por fim, vale destacar o resgate do prestígio internacional e o carinho da torcida resgatados por Tite. A seleção voltou a jogar bem e receber elogios de público e crítica.

 

Leia mais:

O Interminável Buffon afirma: "Talvez meu último Jogo seja na Copa"

Portugal encara Jogos com Importantes Desfalques

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 CEA x STA

ver dica

Confiança

85%
2 ABC x VIT

ver dica

Confiança

75%
3 BRA x PAN

ver dica

Confiança

90%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes