Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Ponte Preta trabalha para manter regularidade em 2017

20/12/2016 - 10:06 - Futebol

por Flávio Figueiredo

Depois de um ano acima das expectativas, a Ponte Preta terá um período de transações difícil, devido ao assédio a seus jogadores. Alguns destaques já estão sendo monitorados por outras equipes e a diretoria da Macaca terá muito trabalho pela frente.

Antes de ir atrás de jogadores, a Ponte tentará segurar os que deram certo para depois buscar opções no mercado. É o caso de Rhayner, jogador que veio do Vitória, disputou 23 partidas no Brasileirão e marcou dois gols. Seu contrato termina no final desse mês e ajudou muito a Ponte no esquema montado pelo então técnico Eduardo Baptista.

Outra prioridade do time campineiro é segurar William Pottker, que tem contrato até 2019, mas outros clubes brasileiros estão de olho inclusive o Botafogo que declarou publicamente seu interesse pelo jogador.

Enquanto não chegam reforços e os contratos não são renovados a torcida da Ponte através das redes sociais sugeriu uma lista de reforços, no mínimo interessante. Essa lista conta com uma mescla de jogadores com passagem pela Ponte, é levada em conta a situação financeira do clube e o cenário atual também foi levado em consideração.

Essa lista de reforços começaria com dois jogadores que fizeram boa campanha em 2015 pelo clube, Marcelo Lomba e Fernando Bob (capitão do time em 2015). Esses dois jogadores foram para o Internacional e tiveram pouquíssimas chances no time de Porto Alegre. Com a queda do Inter para a segunda divisão, o clube deve se livrar de algumas peças do elenco e a Ponte poderia se beneficiar disso.

Seguindo essa linha do Inter, outro sulista que caiu foi o Figueirense que conta com jogadores considerados “oportunidades”, segundo os torcedores da Macaca. Os atacantes Lins e Rafael Moura chegariam para assumir a titularidade no time. Dodô, meio-campo, é o principal jogador do Figueira e o zagueiro Marquinhos seria melhor que os dois beques que estão na Macaca hoje. A torcida da Ponte não recusaria nem uma contratação de risco, que seria o caso de Carlos Alberto, com um contrato de produtividade a torcida aceitaria o jogador para vestir a 10.

As sugestões não param por aí. Com a possível chegada de Conca para jogar ao lado de Diego no Flamengo, as chances de Mancuello atuar com frequência seriam pequenas e seria uma opção para o meio da Ponte. Outros dois jogadores do Fla, que inclusive são dois ex-pontepretanos e que “caberiam” no time são César Martins e Rodinei.

Para o ataque, duas opções chegariam para brigar com Pottker. O atacante Erik que não tem chances no Palmeiras, ainda mais ano que vem com os investimentos do time da capital para a disputa da Libertadores, o ex-jogador do Goiás deverá “ficar para escanteio”. Outro nome que sempre ventila nos lados de Campinas é o de Luís Fabiano. O jogador de 36 anos está voltando ao Brasil e já existem boatos que “Fabuloso” comprou uma casa luxuosa num condomínio em Campinas.

A Macaca publicou em seu site um levantamento do Jornal de Pernambuco mostrando o clube campineiro com o melhor custo-benefício do Brasileirão (valor gasto dividido pelos pontos conquistados), levando-se em contas os valores de repasse da cota de TV. A Ponte foi a oitava colocada com 53 pontos, e uma das que menos faturou com cota de TV, ao lado de Chapecoense, Figueirense, Santa Cruz e América (MG). Segundo o levantamento, a Ponte teve custo de R$ 433 mil por ponto. O Corinthians teria superado a casa dos R$ 3 milhões por ponto.

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 SAN x AME

ver dica

Confiança

85%
2 CHA x GRE

ver dica

Confiança

85%
3 FLA x SPO

ver dica

Confiança

85%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão Semana 33

RANKING

1 walter ***

0,00

2 André ***

0,00

3 Renato ***

0,00

4 Alessandro ***

0,00

5 Ale ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes