Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Verdão abre boa vantagem a caminho das quartas, com vitória “à la Felipão”

10/08/2018 - 13:58 - Futebol

por Ana Paula Cerveira

Até agora, a trajetória do Palmeiras na Libertadores 2018 tem sido um sonho. Invícto, considerado o segundo melhor ataque da fase de grupos com 14 gols – atrás apenas de um gol do Cruzeiro, que ocupa a primeira posição – e, agora com a volta de Felipão, a “folga” que o time palmeirense teve com os dois gols de Borja contra o Cerro Porteño, em Asunción, tranquilizou os ânimos dos torcedores, após o primeiro tempo morno da partida. Moisés na assistência, Antônio Carlos na zaga e Borja finalizando com dois tiros certeiros ao gol, o trio foi o grande responsável pela boa vantagem às quartas.

Depois de um cartão amarelo logo nos primeiros minutos de jogo para Moisés, a frieza e marcação palmeirense neutralizaram o time paraguaio. Com apenas 4 finalizações ao final da primeira etapa, o time, que antes parecia jogar no “banho-maria”, voltou com outra postura no segundo tempo. Aproveitando as aberturas do adversário, os toques de bola mais rápidos e incisivos começaram a ameaçar a barreira paraguaia. Já no início, após falta perto da área cobrada por Dudu, o bom posicionamento de Borja causou o primeiro gol. Mas não foi suficiente para o centroavante. Passadas duas chances claras, mas sem sucesso ao gol, Moisés abriu, chutou e, no rebote do goleiro, Borja acertou. Com direito a abraço nos companheiros e técnico, os gols figuraram o conhecido estilo de jogo de Felipão.

O segundo jogo acontecerá no dia 30 de agosto, na Arena. Se o Palmeiras passar, nas quartas, ele pegará o vencedor entre Corinthians e Colo-Colo.

Coincidências com a Liberta de 99

As idas e vindas no time do Palmeiras com os goleiros, ter Felipão como técnico e a chance de pegar Corinthians ou Colo-Colo são muito parecidas com as situações que ocorreram Libertadores de 1999, na qual o Verdão foi campeão. Em 1999, o Palmeiras jogou com o Colo-Colo na fase de grupos e depois com o Corinthians nas quartas (o que ainda pode acontecer), quando o eliminou. A troca de goleiros também aconteceu: na estreia com o Corinthians, Velloso se contundiu e abriu espaço para “São Marcos”, que se consagrou no final do campeonato; o que podemos comparar com a troca de Jailson, na primeira fase, por Weverton, agora na segunda. E, claro, a maior referência ao ano de 99 é a presença de Felipão como técnico do time. Para os palmeirenses supersticiosos, será que 2018 será "o ano"?

Melhores Momentos de Cerro Porteño 0 x 2 Palmeiras:

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 LIV x NAP

ver dica

Confiança

85%
2 MON x BRD

ver dica

Confiança

85%
3 BAR x TOT

ver dica

Confiança

85%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão Semana 49

RANKING

1 Bruno ***

750,00

2 walter ***

0,00

3 André ***

0,00

4 Renato ***

0,00

5 Alessandro ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes