Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Roger Federer contra Rafael Nadal, uma final dos sonhos no Australian Open.

27/01/2017 - 18:26 - Tênis

por Samir Valerio

O inesperado acontece, o Australian Open receberá novamente uma final entre Roger Federer e Rafael Nadal.

Depois de oito anos os fãs de tênis poderão realizar o sonho de assistir novamente um duelo de titãs, no próximo domingo, na quadra principal do primeiro Grand Slam da temporada, a final que mais ocorreu em Majors.

Em jogo disputado contra o seu compatriota, Roger Federer bateu Stan Wawrinka por 3 sets a 2 (7/5, 6/3, 1/6, 4/6 e 6/3) em um pouco mais de 3h. Federer abriu 2 sets a 0 sobre Wawrinka, mas deixou o adversário empatar e levar a partida para o quinto e decisivo set. No último set da partida, o atual 17º colocado do ranking mundial mostrou porque é considerado o melhor tenista de todos os tempos, pois mesmo Wawrinka acertando muito no fundo da quadra, Federer não deixou a pressão crescer, quebrou o saque do adversário, fazendo 4/2 e finalizando o set e consecutivamente, a partida apenas confirmando o saque.

Para o suíço, depois de um ano complicado para ambos, a possibilidade de reencontrar Nadal logo em uma final de Grand Slam era improvável.

Improvável, mas não impossível… e foi exatamente o que aconteceu, já que o espanhol venceu a outra semifinal e garantiu a final dos sonhos em Melbourne.

Um batalha que chegou a quase 5h, Rafael Nadal colocou em quadra toda as suas forças para vencer o búlgaro Grigor Dimitrov. Foi necessário reviver os ótimos momentos da carreira para que o espanhol tivesse a possibilidade de superar o jogo agressivo e consistente do búlgaro, que vendeu caro a derrota por 3 sets a 2, parciais de 6/3, 5/7, 7/6(5), 6/7(4) e 6/4.

Dimitrov começou voando, agressivo, obrigando Nadal a reagir durante todo o set. Reação que resultou na vitória do espanhol. Esse formato de jogo foi seguido até o final da partida, Dimitrov agressivo e Rafael Nadal no fundo da quadra, segurando o ímpeto do búlgaro e aproveitando dos poucos erros que o seu adversário cometia.

Com a torcida a seu favor, Rafael Nadal conseguiu fechar a partida e reviver uma final de Grand Slam novamente.

Na disputa entre o tempo e o corpo, Roger Federer com 35 anos e Rafael Nadal com 30, realizarão um dos principais duelos de um Grand Slam dos últimos tempos. Mais um duelo que estrará para a história do tênis mundial.

Leia mais:

Rafael Nadal está impossível!!!

Roger Federer está pronta para buscar o pentacampeonato do Australian Open

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 PAR x FLA

ver dica

Confiança

85%
2 PAL x CEA

ver dica

Confiança

85%
3 COR x CRU

ver dica

Confiança

85%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão Semana 42

RANKING

1 João Victor ***

372,00

2 Robson ***

50,00

3 André ***

0,00

4 Renato ***

0,00

5 Alessandro ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes