Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Após duelo na quadra, Tandara fala sobre Tifanny: “Respeito, mas não concordo”

03/02/2018 - 14:09 - Vôlei

por Frederico Verchai

O fato de Tifanny estar jogando na Superliga Feminina ainda divide opiniões dentro e fora das quadras. Depois da partida entre Bauru, time da primeira transexual do vôlei no Brasil, e Osasco, a oposta Tandara, campeã olímpica com a seleção brasileira e hoje principal nome dda equipe paulista falou sobre o assunto.

“Eu respeito a história dela, para a sociedade é muito importante, dar a cara para bater, é uma pessoa que eu respeito muito. É um assunto delicado. Eu estava segurando para falar sobre isso porque estava esperando nosso confronto. Estudei, falei com muita gente sobre o assunto, tive um respaldo e eu não concordo com ela jogar no vôlei feminino”, declarou a oposta.

Para justificar sua opinião, Tandara lembrou o fato de que Tifanny passou toda a sua adolescência como homem, e que seu posicionamento seria apenas por entender a fisiologia e não por preconceito.

“A puberdade dela inteira se desenvolveu como sexo masculino. Não é preconceito, é fisiologia. Precisamos saber diferencias isso. O pulmão dela é maior, o coração dela é maior, o quadril dela é menor, por isso é mais fácil dela salta”, afirmou.

Nesta temporada, as duas opostas são as jogadoras com as maiores médias de pontos na Superliga feminina. Enquanto Tifanny tem a maior média de pontos por set, Tandara é a maior pontuadora da temporada, muito porque a oposta do Bauru começou a jogar no meio da temporada.

Na sequência da entrevista, Tandara afirmou que em alguns momentos percebeu que a jogadora adversária estaria segundando um pouco sua força, mas que em momentos decisivos cortava com toda a sua força, que é maior que a das outras jogadoras da liga.

“Em alguns momentos sim, no início do jogo, eu tive uma sensação que ela segura um pouco, foi mais na habilidade, tentou vir com menos força, mas na decisão ela vem para decidir mesmo. Ela vem forte. Em alguns momentos faz diferença”, declarou.

A partida entre Bauru e Osasco terminou com uma vitória de por 3 sets a 2 para a equipe paulista, com parciais de 25/19, 25/20, 22/25, 19/25 e 15/10. Cada uma das opostas marcou 31 pontos no confronto.

 

LEIA MAIS:

 

Campeã Olímpica causa polêmica em "discussão delicada" no Vôlei feminino

Tiffany continua causando mal-estar entre atletas de vôlei feminino

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 GOI x VAS

ver dica

Confiança

80%
2 AVA x CRU

ver dica

Confiança

80%
3 BOT x CAP

ver dica

Confiança

80%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes