Entre com suas credênciais

Brasileirão série A


Brasileirão série B


Campeã Olímpica causa polêmica em "discussão delicada" no Vôlei feminino

20/12/2017 - 14:15 - Vôlei

por Flávio Figueiredo

Uma polêmica no mundo do voleibol feminino vem tomando conta dos noticiários. A jogadora transexual Tiffany, do Vôlei Bauru é o foco da discussão. A ponteira/oposta tornou-se a primeira trans brasileira a entrar em quadra em uma partida válida pela elite do vôlei nacional. Desde de sua estreia, vem sendo a melhor jogadora da Liga e o fato de ser trans trouxe discussão ao mundo do vôlei. A ex-jogadora, Ana Paula, usou as redes sociais para emitir sua opinião sobre a presença de mulheres transexuais na Superliga feminina. Para Ana Paula, é injusto que um "corpo foi construído c/testosterona durante toda a vida" (sic), compita com o de mulheres cis. A crítica de Ana Paula foi feita a partir de um tweet sobre a primeira atleta transexual na Superliga feminina, no Brasil.

"Mtas jogadoras ñ vão se pronunciar c/medo da injusta patrulha, mas a maioria ñ acha justo uma trans jogar c/as mulheres. (sic) E não é. Corpo foi construído c/testosterona durante tda a vida. Não é preconceito, é fisiologia. Pq não então uma seleção feminina só com trans? Imbatível. (sic)" tuitou a ex-jogadora

Por ser um assunto delicado, a publicação causou muita polêmica entre os internautas e, como não poderia deixar de ser, começou um debate nas redes sociais: 

"Você acha que é possível que haja uma substituição de mulheres por trans nos esportes daqui para frente?" comentou o seguidor Celso Amaral, que foi respondido por Ana Paula

"Pq não? Se sou técnica, lógico que preferiria uma trans com o corpo lapidado por testosterona a vida toda. E mandaria levantar todas as bolas pra ela. Atletismo? Boxe? Judô? Sim, quero uma trans na minha equipe." respondeu a ex-jogadora

A postura da atleta causou discussão com opiniões contrárias a da jogadora:  

"Pensando bem, o seu preconceito velado não vai lhe permitir enxergar que, uma vez sob estímulo de estrogênio e não mais de testosterona, a força muscular da jogadora se equipara a de uma mulher não trans." comentou a seguidora Thaís Pagliario.

Tiffany Abreu, é a primeira mulher transexual a disputar a Superliga feminina. Ela já jogava vôlei quando ainda era reconhecida como homem e em entrevista ao site do Globo Esporte, contou que perdeu boa parte de sua força de ataque quando começou a tomar hormônios femininos para realizar a transição. 

"O mais difícil é a reposição hormonal, mexe muito com a gente. Tira muito da força, cai a 60%. Agora, somente ataco como uma mulher. Não tenho aquela força. Sou uma jogadora de 1,90m, com talento, velocidade e tento fazer o que o técnico pede." contou a jogadora em entrevista ao site do Globo Esporte, em fevereiro de 2017.

O caso não é inédito, a pioneira foi, em 2016, Alessia Ameri, nascida Alessio mas com a síndrome de Morris, que limita ou inibe o desenvolvimento de características masculinas. No entanto, é emblemático: são raros os casos de atletas ou ex--desportistas que mudaram de sexo, como fizeram Caitlyn/Bruce Jenner (ouro olímpico de decatlo em 1976), Andreas/Heidi Krieger (campeã europeia de lançamento do peso em 1986) e Philippa York/Robert Millar (figura de topo do ciclismo nos anos 80). E são ainda mais incomuns os episódios de transexuais que competem pelo novo género após a mudança de sexo - fê-lo a tenista Renée Richards (nascida Richard Raskin) nos anos 70 do século passado.

# Aposte nos melhores times da Superliga Feminina acessando a .

 

Leia Mais:

Neymar no Real Madrid? Jornalista espanhol crava a transferência do brasileiro

Sem aplaudir o Real, Barça vai à Madrid tentar manter vantagem

 

tabela

Campeonato Brasileiro Série A

Classificação Pontos
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36
1 TIM 2 36

VEJA A TABELA COMPLETA

prognósticos

1 CEA x STA

ver dica

Confiança

85%
2 ABC x VIT

ver dica

Confiança

75%
3 BRA x PAN

ver dica

Confiança

90%

VEJA MAIS PROGNÓSTICOS

Bolão Rodada 11

RANKING

1 André ***

0,00

2 Renato ***

0,00

3 Alessandro ***

0,00

4 Ale ***

0,00

5 Yudi ***

0,00

VEJA O RAKNING COMPLETO


Mais Esportes