test
quinta-feira, junho 20, 2024

Palmeiras se classifica para as quartas da Libertadores após empate contra o Atlético

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

No Allianz Parque, o Palmeiras escreveu mais um capítulo da sua jornada na Conmebol Libertadores. Na última quarta-feira, em um duelo recheado de tensão, o Verdão segurou um empate por 0 a 0 contra o Atlético-MG, garantindo seu lugar nas quartas de final da competição sul-americana.

Com uma vantagem de 1 a 0 construída no jogo de ida, o time comandado por Abel Ferreira demonstrou controle e maturidade diante de um Galo que lutou bravamente, mas não conseguiu superar a sólida defesa palmeirense.

Controle e oportunidades

Os primeiros 45 minutos do confronto foram marcados por um Palmeiras estrategicamente posicionado. Aproveitando a vantagem conquistada na partida anterior, a equipe adotou uma postura paciente, esperando pelo Atlético-MG e buscando oportunidades para contra-ataques eficientes. A estratégia deu frutos, com o Verdão encontrando brechas na defesa do Galo e criando as melhores chances de gol.

Artur, peça fundamental no esquema de Abel Ferreira, teve duas oportunidades claras de inaugurar o marcador. Primeiro, ele entrou na área, finalizando de maneira pouco precisa. Em seguida, ao cortar para dentro, testou a agilidade de Everson, que fez uma boa defesa. Enquanto isso, o Atlético-MG enfrentava dificuldades para superar a defesa sólida do Palmeiras e finalizou apenas duas vezes, em contraste com as 10 tentativas do time da casa.

Segundo tempo de resistência

No retorno para a segunda etapa, o Atlético-MG promoveu alterações que proporcionaram mais volume de jogo pelo meio-campo. A entrada de Igor Gomes e Patrick trouxe dinamismo à equipe, resultando em uma melhor distribuição da bola para os atacantes. Contudo, a defesa do Palmeiras se mostrou novamente impenetrável, roubando bolas e controlando as ações do jogo.

A grande chance do Atlético-MG surgiu quando Edenílson lançou Paulinho em profundidade. O atacante driblou o goleiro Weverton, mas sua finalização saiu pela linha lateral do gol. Além disso, o time mineiro protestou por um possível pênalti após a bola bater na mão de Gabriel Menino dentro da área. Apesar da tensão gerada por esses momentos, o Palmeiras permaneceu focado e evitou se envolver em disputas emocionais que poderiam prejudicar seu desempenho.

Tensão antes do início

Antes mesmo do início da partida, um incidente inesperado atrasou o pontapé inicial do confronto. O argentino Juan Belatti, primeiro assistente de arbitragem escalado para o jogo, desmaiou no banco de reservas, interrompendo o começo da partida por sete minutos. Após atendimento, ele foi substituído por Pablo Echavarria, que estava inicialmente designado como quarto árbitro.

Visando as quartas

Com a classificação garantida, o Palmeiras agora se prepara para enfrentar o Deportivo Pereira, da Colômbia, nas quartas de final da Libertadores. O adversário eliminou o Independiente Del Valle e promete ser um desafio interessante para o Verdão. Os confrontos estão agendados para as semanas de 23 e 30 de agosto,

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Fortaleza vence Sportivo Trinidense e garante classificação as oitavas da Sul-Americana

O Fortaleza venceu por 2 a 1 o Sportivo Trinidense, do Paraguai, e garantiu a primeira colocação do Grupo...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -