test
sexta-feira, junho 14, 2024

River ajuda e Boca Juniors é Campeão Argentino de 2022

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

Em uma das maiores rodadas finais da história do campeonato, o Boca sagrou-se campeão em uma rodada final cheia de emoção. O time da La Bombonera empatou por 2 a 2 com o Independiente em casa. 

Se vencesse, o Racing era o campeão. Mas o goleiro Armani, do River, pegou um pênalti do Racing no final do jogo e o time ainda marcou um gol nos momentos finais, ajudando o Boca a ser o campeão.  

Era a final 

Com os jogadores liderados por Hugo Ibarra um ponto acima do time de Fernando Gago, os cálculos para a última rodada eram claros. Mas tinha um porém, algo que despertava certo receio por parte do Boca e do Racing, os jogos que tinham uma tensão adicional porque o Racing dependia do Independiente e o Boca, em caso de tropeço, precisava de uma mão amiga do River. 

Mas tudo era claro, se o Boca vencesse o Independiente em casa, ele seria coroado, enquanto se ao Racing perdesse para o River, ele seria inevitavelmente deixado sem chance de lutar pelo título. Além disso, se o Racing vencesse, precisava de uma derrota ou empate do Boca em casa. Enquanto o único cenário com uma partida final entre os dois clubes que estavam na disputa envolvia uma derrota para o líder e um empate para o vice-líder.  

Depois de muitas especulações dizendo que o Independiente ia perder, que o River ia entregar os pontos porque não ia deixar o Boca sair campeão, todas foram desmentidas pelos próprios protagonistas com o início dos jogos no último domingo, 23 de outubro. 

Começo de emoção em La Bombonera

Para aumentar a ansiedade na La Bombonera, o primeiro a marcar um gol foi o Independiente. Mas o Boca empatou o jogo logo depois com um desvio após boa cobrança de falta. Assim que começou o segundo tempo, o time de Ibarra assumiu a liderança no placar virando o jogo e tudo parecia estar definido. Quase simultaneamente, o Racing comemorou seu gol marcado contra o Ríver e permaneceu na expectativa. 

As partidas pareciam ter o placar inerte e o Boca, com vantagem após a vitória disputada em La Plata, caminhava para o título. E ali, no mesmo momento, River e Independiente marcaram e deram uma reviravolta nos jogos. 

Segundo tempo de angústia, ajuda do rival e glória 

O resultado da Bombonera não mudou, mas o Racing teve uma chance única de passar a liderar a disputa. A equipe teve um pênalti marcado a seu favor aos 89 minutos de jogo, se marcasse o pênalti poderia dar o título para a equipe. Mas Franco Armani virou gigante contra Jonathan Galván e gerou comemorações na La Bombonera a poucos quilômetros de distância. 

Já nos descontos, Miguel Borja marcou seu segundo gol, tirando todas as esperanças de título do Racing. O resultado, da forma que foi, causou delírio do rival de toda a vida e completou, depois de noventa minutos frenéticos, uma das melhores definições de título da história do futebol argentino. 

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Fortaleza vence Sportivo Trinidense e garante classificação as oitavas da Sul-Americana

O Fortaleza venceu por 2 a 1 o Sportivo Trinidense, do Paraguai, e garantiu a primeira colocação do Grupo...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -