domingo, outubro 1, 2023

Ronaldo apresenta documentário e fala sobre sua carreira

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

Aproveitando a apresentação de seu novo documentário, o brasileiro falou sobre sua relação com as Copas do Mundo e alguns dos seus momentos mais difíceis da carreira. 

De gênios sempre há algo para descobrir e Ronaldo era como poucos. Em “O fenômeno: ascensão, queda e redenção de Ronaldo”, o jogador aprofunda sua relação com a Copa do Mundo e fala sobre carreira e seus momentos no futebol. 

O documentário não poupa polêmicas e oferece testemunhos nunca antes ouvidos. Um deles, de outra lenda como Paolo Maldini, que retrata a grandeza do Fenômeno: “Os únicos dois jogadores que me fizeram dizer ‘Cuidado, cuidado’ foram Ronaldo e Maradona”. O mítico camisa 9 da seleção brasileira falou em algumas perguntas sobre o que sua carreira representou.  

Sentimento 

Ronaldo falou que não conseguiria definir em uma palavra o que a Copa do Mundo representa. Pois para o craque, no Brasil é um sentimento enraizado.  

“É muito difícil. O futebol em si já é algo com o qual não consigo traduzir o que sinto… A Copa do Mundo seria como o coração da história do futebol. No Brasil crescemos e vivemos sonhando com isso desde muito cedo, desde que soube da minha existência. Saímos para pintar as ruas, jogar futebol nos chamando pelo nome dos jogadores de futebol.” Disse Ronaldo. 

Continuando, Ronaldo tentou expressar o que a competição traz para o país. 

“Para os brasileiros, a Copa do Mundo é muito importante. Vivemos com muitas dificuldades, embora não devesse ser assim, e, quando chega, o país se une, entende a necessidade dessa união para aproveitar esse momento. Quando você ganha a Copa do Mundo é um momento único lá dentro, com todos os brasileiros felizes. E isso é muito raro em um país tão grande, que depende de algo tão bonito para as pessoas se unirem. Não sei se consigo explicar o que significa para mim, mas é uma coisa maravilhosa.” Expressou o Fenômeno. 

Copa do mundo de 2002 

O Fenômeno respondeu se a Copa de 2002 foi a mais importante da sua vida como jogador. 

“Sem dúvida. Neste caso, não só pelo triunfo esportivo, mas por todas as coisas, por me superar vez após vez até conseguir chegar lá, com todo o drama que tive nos anos anteriores com as lesões, o drama de 98, perdendo a final, depois de uma convulsão… Esportivamente falando, foi maravilhoso, um sucesso total, um time que jogou com milhares de mecanismos e sincronismos. Parecia que eles jogavam juntos há anos, não o time que tinha mil dificuldades, até mesmo para se classificar.” Contou o eterno camisa 9 da seleção. 

Neymar ou Vinícius Jr? 

Ronaldo falou também sobre os craques da atual Seleção Brasileira e sua expectativa para a Copa com os jogadores.  

“Vinícius é muito bom para Neymar tirar um pouco da responsabilidade dele. Na esquerda ele é um tormento para qualquer defesa, assim como Neymar vai ser para todos os defensores graças à liberdade de ir onde quiser. Raphinha está jogando muito bem com o Barcelona e também tem um papel de destaque na Seleção. Ele sempre enfrenta, é fundo, tem gol, tem chute… Temos talento para vencer a Copa do Mundo, mas depende de quão comprometidos todos estão no mês do torneio.” Falou o pentacampeão.  

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Athletico Paranaense e Coritiba fazem clássico pela vigésima quinta rodada do Brasileirão

O Atletiba é o maior clássico do estado do Paraná. Com o passar dos anos, a rivalidade foi aumentando,...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -