sexta-feira, setembro 30, 2022

Scaloni declara que Messi está disponível para último jogo do ano

Jogos

Após críticas da comissão do PSG, da França, pela convocação de Lionel Messi para defender a Argentina nas duas últimas partidas do ano, o treinador Lionel Scaloni assegurou que o jogador tem condição de participar da última partida do ano. Sendo assim, o camisa 10 está recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda que o tirou dos últimos dois jogos do PSG;

“A princípio está disponível. Todos já sabem o que penso do seu jogo e da sua condição na equipe. Conviver com o Leo, que sempre quer jogar, é fácil, porque também quero que ele jogue sempre”, afirmou Scaloni.

Ao chegar a Argentina, Messi chegou a realizar trabalhos diferenciados e, posteriormente, passou a trabalhar com os companheiros. Na sexta-feira, 12, os argentinos enfrentaram o Uruguai e venceram com um golaço de Di Maria. Messi acompanhou boa parte do jogo do banco de reservas, mas entrou no decorrer da partida.

Sendo assim, a Argentina alcançou 28 pontos, pontuação que fez na última edição das Eliminatórias em 2018. No entanto, a equipe tem mais seis jogos pela frente e se garante na Copa do Mundo antecipadamente com mais três pontos. A classificação pode ocorrer no último compromisso deste ano, contra o Brasil.

Na próxima terça-feira, 16, as duas seleções se encaram depois da final da Copa da América 2021. Neste momento, os argentinos estão no segundo lugar na tabela das Eliminatórias Sul-Americanas, enquanto os brasileiros já carimbaram o passaporte para o Mundial do Catar.

Eliminatórias da América do Sul

O Brasil lidera com 34 pontos e a Argentina está na segunda posição com 28 pontos. O Equador aparece no terceiro lugar com 20, enquanto Chile possui 16. Neste momento, a Colômbia precisaria enfrentar a repescagem para o Mundial pelo quinto lugar. O Uruguai tem 16 pontos e ocupa a sexta colocação.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Cruzeiro com a mão na taça

O Cruzeiro, sem dúvidas é um dos maiores clubes do país. Mas nos últimos anos viveu tempos difíceis após...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -