test
sexta-feira, junho 14, 2024

Seleção Feminina faz primeiro treino na Colômbia antes de estreia na Copa América

Jogos

Com o grupo praticamente completo, a Seleção Brasileira realizou, nesta quarta-feira (06), o primeiro treino em solo colombiano. Às 18h (horário de Brasília), a equipe foi ao campo do Estádio Montenegro, em Armênia, dando continuidade à preparação para a estreia na Copa América Feminina 2022.

Após um aquecimento conduzido pela auxiliar técnica Lilie Persson e o fisiologista Luciano Capelli, a treinadora Pia Sundhage realizou uma atividade tática de apoio e suporte. Em seguida, as Guerreiras jogaram em superioridade de 9×7, trabalhando cruzamentos, e em igualdade de 8×8.

A defensora Kathellen, da Inter de Milão, que se apresentou ao grupo nesta quarta, trabalhou separadamente. Por conta de compromissos pessoais, a atacante Debinha integrará à equipe na sexta-feira (8). Já as meias Luana e Duda Francelino, que testaram positivo para Covid-19 nos testes que antecederam à concentração, chegarão à Colômbia no sábado (9).

Também neste sábado, o Brasil faz sua estreia na Copa América diante da Argentina, no Estádio Centenário, às 21h (horário de Brasília).

Natascha celebra volta à Seleção após superar problemas de saúde

Uma jovem goleira com uma bagagem cheia de superações e uma convicção de uma vida inteira: o sonho de defender a camisa da Seleção Brasileira. Filha de mãe brasileira e pai suíço, Natascha nasceu em Greifensee, na Suíça, tem dupla nacionalidade e fez toda a formação de base em solo europeu.

O coração, porém, é verde e amarelo. Convocada pela terceira vez após outros dois chamados da técnica Pia Sundhage em 2020, a goleira de 24 anos fará sua estreia em competições oficiais pelas Guerreiras nesta CONMEBOL Copa América.

“Estou muito feliz de estar aqui e poder participar da minha primeira Copa América. Estou muito honrada de poder vestir esta camisa e ajudar da melhor forma que puder”, comemorou.

A notícia de que voltaria a vestir a Amarelinha veio no último domingo. Natascha foi chamada para a vaga da goleira Letícia Izidoro, do Corinthians, após o Departamento Médico da Seleção Feminina ser informado pelos médicos do clube que a atleta sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, sem tempo hábil de recuperação.

“Para mim, a convocação foi uma surpresa. Infelizmente, aconteceu após a lesão de alguém que eu admiro bastante e que respeito muito como pessoa. Eu sabia que a possibilidade existia, mas não tinha certeza, então me preparei e continuei treinando enquanto estava de folga no meu clube”, contou.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Fortaleza vence Sportivo Trinidense e garante classificação as oitavas da Sul-Americana

O Fortaleza venceu por 2 a 1 o Sportivo Trinidense, do Paraguai, e garantiu a primeira colocação do Grupo...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -