domingo, fevereiro 5, 2023

Seleção Feminina segue a preparação para o jogo diante da Dinamarca

Jogos

A preparação da Seleção Feminina segue a todo vapor para os amistosos na Europa. Nesta quarta-feira (22), a técnica Pia Sundhage comandou a penúltima atividade antes do duelo contra a Dinamarca, no dia 24 de junho. A atividade ocorreu no período da tarde no Rundforbi Stadium, na capital dinamarquesa.

No treinamento, Pia intensificou o trabalho de preparação e apresentou a ideia de jogo do Brasil para o compromisso diante da Dinamarca. Na primeira etapa da atividade, as atletas de ataque treinaram finalização ao gol, enquanto as defensoras trabalharam defesa de cruzamentos. Já nos 30 minutos finais, a sueca dividiu o grupo para um coletivo de 11 x 11 já projetando a equipe que atuará contra as donas da casa.

Brasil e Dinamarca se enfrentam nesta sexta-feira (24), às 14h (Horário de Brasília). No dia 28, é a vez da Canarinho enfrentar a Suécia, às 13h30 (Horário de Brasília), na Friends Arena, em Estocolmo (SUE). As duas partidas contarão com transmissão da TV Globo e Sportv.

Gabi Barbieri fala sobre família de goleiros e oportunidade na Seleção Principal

Convocada pela primeira vez para a Seleção Feminina Principal, Gabi Barbieri não escondeu a felicidade e a emoção de vestir a camisa verde-amarela. Com constantes convocações para a equipe Sub-17 e Sub-20, a goleira avaliou positivamente seu primeiro treino no time adulto.

Em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (22), a atleta do Internacional lembrou de quando recebeu a notícia e como foi a reação. Sua família, que também é formada por goleiros, também não escondeu a felicidade em vê-la com a camisa da Seleção.

“Eu recebi a notícia do nada. Estava saindo do jogo contra o Corinthians e fiquei muito feliz. Me emocionei, é claro. Não esperava! Liguei para a minha família, minha mãe me viu chorando no telefone e já começou a chorar junto sem nem saber o que era. Quando contei, eles também ficaram extremamente felizes. Meus pais foram goleiros, meu irmão também atua na posição… a família toda faz parte do processo, está dentro do esporte. Todos ficaram muito contentes”, conta.

Seguindo a herança familiar, Gabi contou um pouco de como começou a se interessar pelo gol. Aos 19 anos, a jovem arqueira soma mais de uma década atuando sob a baliza.

“Meu pai agarrava no campo. Minha mãe e meu irmão, por outro lado, atuaram no futsal. Comecei a me interessar na escolinha em Descanso, em Santa Catarina, vendo as partidas do meu irmão. Um dia cheguei do treino e pedi luvas pro meu pai, disse que queria começar a ser goleira. Desde os oito anos eu comecei no gol e não saí mais. Estou muito feliz. Quero aproveitar o máximo possível, adquirir todo o conhecimento que puder com as meninas para sair daqui ainda mais satisfeita”, explicou.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Grandes jogadores e promessas que o Flamengo que fizeram história

Com um possível confronto entre Flamengo e o Real Madrid na final do Mundial de Clubes. Pode acontecer uma...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -