segunda-feira, fevereiro 6, 2023

Tite termina oficialmente seu ciclo com a Seleção

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

A saída do técnico Tite já estava determinada desde o fim do ano passado, antes da Copa do Mundo no Catar, mas na última terça-feira o treinador encerrou oficialmente seu ciclo com a Seleção. Tite compareceu à sede da CBF e assinou a rescisão de contrato na manhã de ontem. Além do técnico, outros membros da comissão técnica como Cleber Xavier, César Sampaio e Matheus Bachi também deixaram a seleção brasileira.  

Agradecimento  

Numa rápida mensagem na porta da sede, Tite agradeceu a todos pelo apoio recebido enquanto esteve no comando da seleção brasileira.  

“Aqui é o Adenor falando. Quero agradecer aos atletas, aos funcionários, a vocês da imprensa, com quem pode ter havido divergências de opinião, mas sempre houve respeito.”  Disse Tite. 

Números de Tite na Seleção 

81 jogos 

60 vitórias 

15 empates 

6 derrotas 

174 gols marcados 

30 gols sofridos 

Aproveitamento: 80,2% 

Título: Copa América 2019 

Campanhas: 

Copa do Mundo – 2018: 6º lugar; 2022: 7º lugar

 Copa América – 2019: 1º lugar; 2021: 2º lugar 

Descanso  

Após tantos anos no comando da Seleção, Tite vai tirar um tempo de descanso, mas vai retornar. No entanto, não se sabe ao certo, pois o técnico ainda não informou sobre suas pretensões na carreira. 

Tite, após o seu desempenho na Seleção, certamente é colocado entre os grandes técnicos da atualidade no futebol mundial. Mesmo diante do fato das eliminações consideradas precoces tenham feito a aprovação do técnico cair entre os torcedores brasileiros.  

No comando da seleção brasileira, Tite, com 80,2% de aproveitamento, se credencia como um treinador unânime no cenário do futebol brasileiro.  

Novo técnico  

A CBF ainda está analisando um novo nome para a Seleção. Muitos são cogitados, mas ainda não houve um contato oficial da entidade com um técnico.  

Treinadores estrangeiros como Guardiola, Zidane e Carlo Ancelotti chegaram a ser cogitados para o cargo, mas descartados pela CBF e pelos próprios treinadores em entrevistas.  

Outro estrangeiro cogitado é Abel Ferreira, atual técnico do Palmeiras, mas já descartou a possibilidade de comandar a Seleção.  

Fernando Diniz e Dorival Júnior, ao que parece, são os dois técnicos brasileiros mais cotados para assumir a seleção brasileira para o próximo ciclo. A confirmação deve vir nas próximas semanas e logo devemos ter a resposta sobre quem será o novo treinador da seleção brasileira.  

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Conference League: história e formato da competição

A UEFA Europa Coference League, que em português se chama Liga Conferência Europa da UEFA, mas é conhecida como...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -