terça-feira, dezembro 6, 2022

Tua Tagovailoa está de volta 

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

O quarterback dos Dolphins, Tua Tagovailoa, deve retornar no domingo contra o Pittsburgh Steelers. 

O retorno acontece pouco mais de três semanas depois de sofrer uma concussão e causar uma investigação que provocou mudanças políticas rápidas na NFL.  

Os episódios que causaram mudanças 

Tagovailoa disse na quarta-feira que perdeu a consciência quando o a jogada aconteceu e bateu a cabeça no chão no final do primeiro tempo contra o Bengals em Cincinnati em 29 de setembro. Ele não se lembra de ter sido carregado para fora do campo. 

O jogador foi hospitalizado pela concussão, mas voou para casa com a equipe naquela noite. Contudo, ele mantido fora dos gramados pelas próximas duas semanas. 

Outro incidente ocorreu quatro dias depois quando Tua foi empurrado após um passe no confronto da semana 3 contra o Buffalo Bills. Ele tropeçou no caminho de volta ao vestiário e foi avaliado por uma concussão no intervalo, mas acabou autorizado a retornar para o jogo depois que foi determinado que uma lesão nas costas relatada anteriormente causou o tropeço. 

A NFL alterou seu protocolo de concussão depois de analisar a situação. 

Fez falta para o time 

Os Dolphins, que abriram a temporada com três vitórias consecutivas, perderam três seguidas, pois sem Tagovailoa não conseguiram render em campo. 

“Há coisas que você pode fazer no vestiário para manter os caras encorajados, para manter os caras motivados. Mas é uma merda. Como competidor, quero estar lá com os caras. Quero poder ir lá e ajudar nossos caras a ganhar jogos. E essa é uma sensação terrível que eu só pude assistir do lado de fora.” Disse Tagovailoa na quarta-feira. 

O quarterback também perdeu três jogos na temporada passada por causa de uma lesão na costela e, quando voltou, os Dolphins perderam os três seguintes. Esse cenário lhe ensinou uma lição. 

“Eu só tenho que ser eu mesmo. Não sou o salvador deste time. Eu não entro e começamos a ganhar jogos. É um acordo de equipe.  

A defesa nos faz parar, o ataque vai e coloca pontos no placar, e a defesa pode ajudar a colocar pontos no placar, assim como as equipes especiais. Seja eu mesmo. Não tente forçar nada. Não tente fazer jogadas que não existem, apenas dê a bola aos nossos craques e deixe-os trabalhar.” Falou o jogador em entrevista.  

Pronto para o retorno 

Essa é uma percepção crítica para Tagovailoa, que disse que jogar a bola fora para evitar uma disputa não é algo que ele fez bem no passado. O técnico dos Dolphins, Mike McDaniel, disse que conversou com Tagovailoa sobre aprender quando conceder uma jogada e passar para a próxima. 

Sem dúvidas essa erá apenas uma das histórias de domingo à noite, quando Tagovailoa retornará a um time e uma liga que mudaram como resultado de suas lesões. 

 Ele precisa recuperar sua forma do início da temporada se os Dolphins quiserem continuar na disputa na AFC East. Os companheiros de equipe foram encorajados pelo que viram nas últimas semanas. Mas o retorno de Tagovailoa é mais do que vitórias e derrotas, se trata também do protocolo que ele melhorou e a política de concussão que mudou.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -
Últimas Noticias

Site americano elege os melhores de cada posição na NBA 22/23

A temporada 2022/2023 da NBA chega aos seus 50 dias de competição. Então, o site Fadeaway World decidiu selecionar...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -