segunda-feira, fevereiro 6, 2023

UFC 283 melhora ranking de brasileiros apesar da perda de cinturões

Jogos

Ainda que Glover Teixeira e Deiveson Figueiredo não tenham sido campeões de suas categorias, o UFC 283 disputado neste sábado no Rio de Janeiro, trouxe bons resultados para outros lutadores brasileiros. Afinal, Jéssica Andrade, Johnny Walker e Jailton Almeida melhoraram suas posições no ranking da organização e agora podem sonhar com desafios ainda maiores na carreira.

Começando pela categoria peso-mosca feminino, Jéssica Andrade saiu da sexta posição para o terceiro lugar do ranking. Nesse sentido, a conquista se deve a vitória avassaladora da brasileira sobre Lauren Murphy. Todavia, a americana resistiu bravamente levando a luta até o final do último round. Entretanto, a brasileira foi mais consistente e venceu por decisão unanime dos juízes.

Agora, Jéssica ‘Bate Estaca’ Andrade pode pleitear uma luta contra a atual campeã da categoria Valentina Shevchenko. Lembrando que ela já foi campeã no peso-palha e vem de uma sequência de três vitórias consecutivas no UFC.

O segundo nome a conseguir melhorar sua posição na tabela do UFC foi Johnny Walker. Dessa forma, ele escalou quatro posições na tabela dos meio-pesados e chegou ao oitavo lugar. Em síntese, esse resultado se deve a sua vitória incontestável por nocaute no 1º round em cima de Paul Craig.

Caminhos para o desafio ao cinturão são difíceis, mas, estão abertos depois do UFC 283

Por outro lado, o caminho de Walker até o desafio pelo cinturão deve ser mais complicado. Afinal, Jamahal Hill também conquistou o cinturão no evento do Rio de Janeiro ao superar Glover Teixeira. Sendo assim, a disputa pelo posto de desafiante ainda não foi aberta e Johnny Walker tem fortes concorrentes nessa corrida.

Por fim, a vitória por nocaute técnico no 2º assalto sobre Shamil Abdurakhimov rendeu a Jailton “Malhadinho” Almeida a entrada no Top 15 do peso-pesado chegando ao 14º lugar. Por outro, lado por ser estreante nessa posição, o brasileiro terá de mostrar muito talento para derrubar outros adversários e tentar uma chance de lutar pelo cinturão.

Ao todo, o UFC 283 teve 17 lutadores brasileiros no octógono com oito vitoriosos. Nesse caso, destaque para os confrontos vencidos por Thiago Moisés e Bruno Hulk que superaram outros lutadores brasileiros.

Apesar não terem terminado com vitória, as lutas de Mauricio Shogun, Glover Teixeira e Deiveson Figueiredo também foram destaques. Afinal, Shogun e Glover terminaram o evento se despedindo das carreiras.

Por fim, Figueiredo perdeu o cinturão do peso-mosca para Brandon Moreno graças a um forte golpe no olho direito. Dessa forma, os médicos vetaram o brasileiro e os juízes decretarem a vitória mexicana por nocaute técnico no terceiro round.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Conference League: história e formato da competição

A UEFA Europa Coference League, que em português se chama Liga Conferência Europa da UEFA, mas é conhecida como...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -