segunda-feira, fevereiro 6, 2023

Andy Murray e Thanasi Kokkinakis fazem jogo histórico no Australian Open

Jogos

A segunda rodada do Australian Open terminou com um novo recorde para a competição. Afinal, Andy Murray e Thanasi Kokkinakis protagonizaram o segundo mais longo da história do torneio. Nesse sentido, foram 5h45min de tênis em alto nível com direito a dois tie breaks e uma grande virada. Por fim, Andy Murray garantiu a vaga na 3ª fase vencendo a batalha por 3 a 2 com parciais de 4/6, 6/7 (7/4), 7/6 (7/5), 6/3, 7/5.

Andy Murry (ING) começou o jogo com uma atuação fora de seus padrões. Então, Thanasi Kokkinakis (AUS) se aproveitou desse mal momento, forçou o saque e garantiu os dois primeiros sets.

Do mesmo modo, o terceiro set começou com domínio do tenista australiano que chegou a abrir um 5 a 3. Entretanto, o inglês se recuperou, conseguiu igualar o placar, foi mais eficiente no tie break e fechou a parcial.

Em seguida, Murry consolidou sua recuperação na partida conseguindo quebrar o saque de Kokkinakis e abrir uma vantagem de 5 a 2. Por outro lado, o australiano continuava bem no jogo, chegou a ganhar mais um game, mas, não teve força para virar o 4º set que acabou  em 6 a 3 para Murry.

O set final começou com o Andy Murry mostrando mais controle do jogo. Contudo, Kokkinakis ainda levava vantagem quando ia para o saque. Entretanto, o inglês conseguiu uma quebra de saque no 11º game e em seguida fechou a partida vencendo o set  por 7 a 5.

Assim, com um total de 5h45min, o confronto se tornou o segundo maior da história do Australian Open. Nesse sentido, o jogo perde apenas para decisão de 2012 entre Novak Djokovic e Rafael Nadal que chegou às 5h53min.

Início do Australian Open também é marcado pela queda de favoritos e de brasileiros

Além de um novo segundo jogo mais longo da história do torneio, as duas primeiras rodadas do Australian Open trouxeram uma marcada negativa que não era vista desde 2002. Nesse sentido, os primeiros dias contaram com as eliminações de Rafael Nadal e Casper Ruud, principais favoritos ao título.

Primeiramente, Nadal foi superado por Mackenzie McDonald perdendo por 3 sets 0 onde sofreu muito com uma lesão muscular. Em seguida, Ruud, número três do mundo, não resistiu ao norte-americano Jenson Brooksby, 39º do ranking, e foi eliminado com um 3 a 1. Nesse sentido, a última vez que os favoritos caíram na duas primeiras etapas foi a 21 anos após as derrotas do australiano Lleyton Hewitt e do brasileiro, Gustavo Kuertem.

Falando em brasileiros, essa é mais uma decepção dessa edição do Australian Open. Afinal, os principais tenistas que representarem o país foram eliminados na primeira rodada. Sendo assim, Thiago Monteiro, Rafael Matos, Laura Pigossi, Bia Haddad perderam seus jogos. Por outro lado, Luisa Stefani não conseguiu entrar em quadra devido a lesão de sua parceira nas duplas Caty McNally que desistiu do torneio.

Por fim, o único brasileiro ainda na disputa do grand slam é Marcelo Demoliner que se classificou para segunda rodada do torneio de duplas ao lado de Andrea Vavassori, da Itália. Além disso, Luisa Stefani e Rafael Matos representam o país no torneio de duplas mistas do Australian Open.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Conference League: história e formato da competição

A UEFA Europa Coference League, que em português se chama Liga Conferência Europa da UEFA, mas é conhecida como...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -