domingo, fevereiro 5, 2023

A curiosa torcida do Catar que não é do Catar

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

Durante as partidas do Catar nessa Copa do Mundo ficou claro que a Seleção Catari estava recebendo apoio de uma torcida organizada. As características dos torcedores, no entanto, contrastam com o povo catari. 

Parece de fato uma torcida organizada, mas não como a do Flamengo ou Corinthians, claro, mas possui baterias, cantos organizados, uma camisa em comum e até mesmo um organizador no meio que rege os cantos. As imagens da torcida do Catar despertaram curiosidade no mundo, mas toda organização, os acessórios, as músicas e o entusiasmo não convenceram. 

Cultura de torcida 

A cena dos torcedores no estádio apoiando o Catar lembrou até os estádios de futebol da América do Sul e da Europa, o que difere da cultura do Catar. A torcida lembra os ultras, uma torcida organizada com raízes na Itália que se espalhou para o norte da África e para o Oriente Médio. Mas falta algo.  

Parecem robôs ensaiados, o barulho até provocou o estádio inteiro, principalmente na primeira partida contra o Equador. Vestindo as mesmas camisas e cantando as mesas músicas até pareciam bem numerosos e transmitiam força para a seleção e também para todos que estavam vendo, uma energia que poderia ser vista como vimos nas imagens. Mas a arte corporal denunciava muitos dos que estavam ali presentes. 
As tatuagens são extremamente raras e muito desaprovadas na sociedade do Catar, logo, isso sugeria que os torcedores não eram do país. Então ficou a dúvida sobre quem são e da onde vieram essas pessoas que agem mais como atores do que torcedores. 

Torcida importada 

O Catar não tinha uma cultura futebolística, então no início do ano um plano precisava ser traçado para que a seleção tivesse apoio nos estádios. Não seria uma tarefa fácil conseguir quem apoiasse a seleção local, pois o mundo inteiro está, de certa forma, em protesto contra o Catar. Portanto, seria necessária uma solução para que houvesse algum tipo de apoio à seleção para não fazer feio perante o mundo. 
Em abril um evento teste em Beirute, capital do Líbano, revelou a torcida. Centenas de estudantes libaneses e torcedores do Nejmeh, um clube local, acabaram sendo recrutados para ser a torcida do Catar na Copa. Um líder de uma das torcidas mais dominantes do mundo, a do Galatasaray, recebeu o convite para liderar o grupo de torcedores.  

Fato é que a torcida não convenceu, ficou claro que a torcida é completamente montada, mas pelo menos visualmente está lá, apoiando a Seleção do Catar.  

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Grandes jogadores e promessas que o Flamengo que fizeram história

Com um possível confronto entre Flamengo e o Real Madrid na final do Mundial de Clubes. Pode acontecer uma...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -