test
segunda-feira, junho 24, 2024

Chelsea assume liderança do grupo contra o Milan na Liga dos Campeões 

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

Jorginho e Pierre-Emerick Aubameyang marcaram na vitória fora de casa por 2 a 0. O Chelsea alcançou a liderança do grupo da Liga dos Campeões ao ser beneficiado por jogar com um jogador a mais durante boa parte da partida.

Bom para os Blues 

Após um bom início do Milan, a equipe se perdeu com um pênalti marcado para o Chelsea, no lance Fikayo Tomori tomou cartão vermelho. A partir desse momento o Chelsea viu caminho aberto para a vitória. Jorginho converteu o pênalti e embora Giroud tenha perdido oportunidades, a equipe permaneceu confortável na partida após o gol.  

O terceiro gol de Pierre-Emerick Aubameyang pela equipe inglesa deu números finais ao jogo. Embora o Milan não tenha caído sem lutar, o time foi para cima com jogadores talentosos do elenco como Rafael Leão, mas não conseguiu ser eficiente para buscar o resultado. 

Preocupação e alívio 

A noite do Chelsea não foi sem problemas, já que Reece James saiu mancando com o que parecia ser uma lesão no joelho. Uma questão de preocupação também para o técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, assim como para Graham Potter.  

Contudo, esse foi o único grande problema para o Chelsea no jogo, pois a noite foi para comemorar e muito o resultado de um time que não vem sendo consistente. Uma semana atrás, a equipe estava na parte de baixo do Grupo E, agora eles lideram e a classificação parece estar bem perto. 

Um cartão vermelho que estragou o espetáculo 

O jogo estava movimentado e parecia que teríamos um espetáculo no San Siro. O Milan melhorou muito em relação ao decepcionante colapso da semana passada, o técnico colocou Theo Hernandez no meio-campo e funcionou bem. Brahim Diaz estava flutuando pelos cantos e dando ritmo ao time com a ajuda de Ismael Bennacer e Sandro Tonali, mas o cartão duvidoso tirou o ímpeto da equipe.  

A bola veio para Mount na área, Tomori segurou o jogador segundo a arbitragem, embora a marcação parecesse fácil, na verdade não é bem assim porque se foi uma falta, foi de certa forma suave. Após o jogo, diversos analistas disseram que sequer deveria ter sido marcada a falta, mas foi marcada pelo árbitro, houve o cartão e mudou o jogo.  

Dínamo de Milão 

Duas derrotas em seis dias podem ser decepcionantes para o Milan, mas sua campanha na Liga dos Campeões está longe de terminar. Em grande parte, graças aos esforços do Dínamo para ganhar um ponto contra o líder do grupo, Salzburg, em Zagreb.  

A equipe de Potter pode ser a favorita para liderar o Grupo E, mas todo o resto está em disputa. O Salzburg está atualmente em segundo lugar com cinco pontos, mas tanto o Dínamo quanto o Milan estão apenas um ponto atrás. 

Certamente será um grande teste para a equipe de Stefano Pioli chegar nas oitavas. Isso porque terá de fazer algo que nenhuma equipe visitante fez nesta fase de grupos que é vencer no Maksimir. 

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Athletico Paranaense toma de novo gol nos acréscimos e empata com o Corinthians

O torcedor do Furacão está com a cabeça quente. De novo, pela terceira vez seguida, o Athletico Paranaense levou...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -