domingo, fevereiro 5, 2023

Copa do Brasil: Tudo igual no primeiro jogo da final

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

Corinthians e Flamengo ficaram no empate no primeiro jogo da final da Copa do Brasil realizado na Neo Química Arena nessa última quarta-feira.  

Com o resultado, a decisão vai para o Maracanã no dia 19 de outubro. Quem vencer será o campeão da Copa do Brasil de 2022 e caso a partida termine empatada teremos decisão por pênaltis.  

Equilíbrio das equipes 

O jogo começou equilibrado e terminou com um primeiro tempo sem gols. Os times foram cautelosos e os times pareciam se estudar.  

Contudo, o Corinthians esboçou uma pressão inicial tentando empurrar o time carioca para dentro do seu campo. Porém a experiente equipe do Flamengo manteve a tranquilidade e conseguiu controlar as investidas com sua marcação e toque de bola.  

O time Rubro-Negro foi ficando mais solto na partida e passou a controlar o jogo com muitos passes, aumentando sua posse de bola e conseguindo chegar ao ataque com jogadas perigosas.  

Já no final do primeiro tempo o time paulista começou a tomar as ações ofensivas do jogo e chegou com perigo, mas faltou eficiência.  

No segundo tempo as equipes seguiram com o equilíbrio mostrado no primeiro. Contudo, o Flamengo foi mais para o ataque e quase saiu com a vantagem da partida. O clube chegou três vezes com muito perigo, mas a principal chance foi com David Luiz que colocou a bola no travessão de Cássio.  

As equipes saíram com o empate, mas não foi por falta de tentativas.  

Polêmica do jogo 

Um lance gerou muita reclamação por parte do Corinthians. Porque aos 36 do segundo tempo Mateus Vital cruzou na área e a bola pegou no braço de Léo Pereira. Após o lance, o árbitro mandou o jogo seguir alegando que o jogador fez um movimento natural. 

Segundo especialistas, de fato o pênalti não deveria ser marcado pois não há ação de bloqueio por parte do atleta.   

O técnico do Corinthians, Vítor Pereira, não concordou com a marcação e deu entrevista irritado.

“Para mim, nessas duas decisões, saíram lesados mais de 30 milhões de corintianos, isso é que é preciso estar atento. É preciso falar disso, não falar de flores. Até o segundo jogo, não quero que se fale de flores, quero que se fale disso, não é para se esconder. Não sei por que, não faço ideia, estou aqui a dar minha opinião. Um segundo amarelo tem que ser cartão vermelho para João Gomes, que nos colocaria em vantagem em termos numéricos. E um pênalti em que o senhor Rodrigo D’Alonso nem chama o árbitro. Isso me deixa intrigado e eu tenho que falar. Quando tenho que falar, eu falo. Isso, para mim, foram dois erros claros numa final.” Disse o técnico.  

Pensando no Maraca 

Em entrevista após a partida, Dorival Jr projetou o apoio da sua torcida no Maracanã.  

“A minha mensagem é essa: que faça a diferença como nós fizemos, em especial naquela partida contra o Atlético-MG e nas demais que jogamos lá dentro. O torcedor impressiona quando participa da forma como tem acontecido. Não queremos nada diferente daquilo que nós vimos na grande maioria dos nossos jogos. Principalmente nos jogos das Copas, quando todo movimento, toda a ativação, a maneira como carregaram nosso time. Aquilo demonstra a paixão que existe, a sintonia, a harmonia e não tenho dúvida que vamos fazer grande jogo para retribuir toda a confiança.” Disse o técnico.

Flamengo e Corinthians disputam o título na próxima quarta-feira (19), no Maracanã.  

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

As maiores traições no futebol Brasileiro na história

Quando falamos em traições no futebol, logo pensamos naqueles jogadores ou treinadores que saíram de uma equipe e foram...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -