domingo, novembro 27, 2022

Zach Wilson e os Jets travam contra um antigo rival

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

Wilson teve três interceptações e os Jets perderam uma vantagem inicial. O New England Patriots venceu os últimos 13 encontros da temporada regular contra o time. 

Era pra ser festa  

Com os Jets em uma sequência de quatro vitórias e prestes a enfrentar um rival que não vencia há sete anos, a organização do time decidiu estimular um pouco os torcedores. 

Os Jets usaram pirotecnia e megafones para incitar os torcedores a fechar suas portas traseiras dos carros na confraternização pré-jogo e chegarem a seus assentos a tempo do pontapé inicial da partida, mas essa é uma torcida que não teve muito para o que torcer ultimamente. 

No final da tarde esses torcedores estavam vaiando as chamadas de jogo da equipe. O início até animou a torcida presente, mas um empate em um longo terceiro down no terceiro quarto desanimou a todos e a torcida começou a sair do estádio depois que Zach Wilson, o quarterback do segundo ano do Jets, fez sua terceira interceptação decepcionante da tarde no início do quarto quarto.  

Esperava mais 

Até a semana 7 os Jets fizeram coisas nesta temporada que a franquia não fazia há anos. Como vencer um jogo em setembro e ganhar um jogo da AFC East. Mas no domingo a equipe voltou a um resultado muito familiar. Uma derrota por 22 a 17 para o New England Patriots, a 13ª derrota consecutiva dos Jets para o adversário da divisão. 

Esse não é o mesmo Patriots que dominou a AFC East por duas décadas. O New England entrou neste jogo com um histórico de derrotas, dúvidas na posição de quarterback e um elenco reduzido por lesões. 

O jogo das equipes 

O desenrolar dos Jets começa perto do final do primeiro tempo. Até aquele momento, Wilson havia jogado bem, encontrando um ritmo com o novato Garrett Wilson, a 10ª escolha geral no draft da NFL deste ano, e marcando o primeiro touchdown do jogo em um passe de 8 jardas para o tight end Tyler Conklin. 

A defesa foi excelente, como tem sido nesta temporada, garantindo uma interceptação do quarterback de New England, Mac Jones, no segundo quarto, após atrapalhar seu lançamento.  

Com dois minutos restantes antes do intervalo, os Jets pararam o New England em uma quarta para 1 na linha de 21 jardas dos Jets, mantendo uma vantagem de 10-3. 

O começo da derrota 

Wilson teve sua primeira interceptação, um erro grave. A defesa tentou compensar seu erro com Michael Carter II, cornerback, prontamente pegou Jones novamente e voltou com a bola por 84 jardas para um touchdown. Depois que Carter cruzou a linha do gol, porém, ele olhou para trás e viu a bandeira amarela que anularia a jogada.  

Os Patriots converteram um field goal após a jogada e os Jets perderam uma tentativa de field goal de 45 jardas no próximo drive. 

Foi a cascata de eventos ruins que os torcedores dos Jets esperavam como inevitável, trazendo a equipe de volta à realidade. A segunda interceptação de Wilson, perto do final do terceiro quarto, depois veio a terceira e alí já estava derrotado. 

Wilson ainda chegou a fazer um segundo passe para touchdown nos minutos finais do jogo. Mas a essa altura os torcedores já tinham ido embora. Os Patriots recuperaram um onside kick e seguraram a bola até o tempo acabar, portanto, decretaram mais uma derrota dos Jets. 

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -
Últimas Noticias

Costa Rica vence o Japão e embola o grupo E 

A Costa Rica aproveitou seu primeiro chute a gol nesta Copa do Mundo e marcou na vitória sobre o...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -