sexta-feira, setembro 30, 2022

PSG abre oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid

Jogos

O Paris Saint-Germain recebe o Real Madrid nesta terça-feira, às 17h (horário de Brasília), pelo jogo de ida das oitavas de final da Champions League, no Parque dos Príncipes, em Paris. O jogo estará recheados de possíveis candidatos a cumprir a ‘lei do ex’.

Além disso, a relação dos dois clubes também passa longe da cordialidade em função de uma possível ida do atacante Kylian Mbappé para o clube espanhol após encerrar o seu contrato com o PSG nos próximos meses.

O brasileiro Neymar, recuperado de uma contusão que lhe afastou dos gramados por dois meses, foi relacionado para o jogo. Todavia, o experiente zagueiro Sergio Ramos desfalcará o clube de Paris novamente e não poderá reencontrar o seu antigo time.

“Não acredito que haja mais pressão em um lado do que do outro. Respeitamos o Real Madrid como um dos maiores clubes do mundo. O Real Madrid na Champions fala por si só, não é questão de jogadores ou técnicos, mas sim da força do clube. Não há favorito, é uma eliminatória que poderia ser final de Champions”, disse o técnico do PSG, Mauricio Pochettino.

Prováveis escalações

A equipe francesa deve entrar em campo com a seguinte formação: Donnarumma; Hakimi, Marquinhos, Kimpembe e Mendes; Verratti, Danilo e Wijnaldum; Messi, Mbappé e Di Maria. Já o Real Madrid tende a iniciar o jogo com Courtois; Carvajal, Militao, Alaba e Mendy; Modric, Casemiro e Kroos; Asensio, Benzema e Vinícius Júnior.

“Temos toda a confiança do mundo. Será uma partida difícil, contra um rival complicado, contra uma equipe que tem aspiração de ganhar a Champions, como a gente. Poderia ser uma final. Temos vontade de eliminar um grande oponente que possa competir pela Liga dos Campeões. Temos que ganhar fazendo uma partida completa – disse o comandante do Real Madrid, Carlo Ancelotti.

- Advertisement -
- Advertisement -
Últimas Noticias

Cruzeiro com a mão na taça

O Cruzeiro, sem dúvidas é um dos maiores clubes do país. Mas nos últimos anos viveu tempos difíceis após...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -