terça-feira, dezembro 6, 2022

Inglaterra começa com tudo na Copa

Jogos
Luiz Vinicius
Luiz Vinicius
Natural de Magé (RJ), Luiz Costa é empreendedor, criador de conteúdo sobre apostas e Apostador Profissional a mais de 4 anos. Foi finalista do programa MASTERBET na rede Bandeirantes e é redator em alguns sites de apostas Esportivas.

A Seleção Inglesa não tomou conhecimento do Irã nesta segunda-feira em seu jogo de estreia pelo Grupo B da Copa do Mundo no Catar. O placar de 6 a 2 mostra o quanto a seleção inglesa se fez superior na partida diante do frágil adversário.  

Três gols saíram só no primeiro tempo com Bellingham, Saka e Sterling. No segundo, Saka marcou novamente e Rashford e Maguire fecharam o placar inglês. Taremi marcou para os iranianos em duas oportunidades, mas diante do resultado que já havia sido construído restava somente salvar o saldo de gols.  

Grande estreia 

O jogo era muito esperado, pois o Irã era conhecido como um bom time defensor e a Inglaterra como uma das favoritas para a conquista dessa Copa. No jogo a defesa iraniana não se mostrou muito eficiente, na verdade muito por competência dos ingleses. 

Após choque com companheiro de equipe, Alireza, goleiro do Irã, sangrou muito e precisou sair de campo pois os médicos avaliaram uma possível concussão. O ocorrido pareceu ter afetado a Seleção Iraniana, que começou a dar mais espaços. 

Com isso, os ingleses começaram a impor seu jogo ofensivo e não demorou muito para que o resultado aparecesse. Jude Bellingham se tornou o segundo jogador mais jovem da Inglaterra a marcar numa Copa do Mundo, o jovem marcou aos 35 minutos. A partir desse momento o jogo ficou aberto, então os ingleses foram para cima e Saka logo marcou o segundo. Raheem Sterling ainda marcou o terceiro antes do intervalo.  

Na segunda etapa, já com o resultado construído, os ingleses administraram o jogo que ficou em ritmo de treino, mas sem perder a ofensividade que levou o time a construir o resultado. Saka marcou o seu segundo na partida e quarto da equipe, Rashford entrou e marcou outro, assim como Grealish que deixou o seu. Taremi fez para os iranianos e também deu números finais à partida já no final com um gol de pênalti. 

Polêmica com a FIFA 

Antes da partida, a Inglaterra foi informada de que não poderia fazer a declaração que desejava por meio do uso de braçadeiras “One Love”, Se Kane tivesse seguido o plano das nações europeias de usar o item, ele poderia ter começado o jogo com um cartão amarelo. 

Ainda assim, não havia nada que a Fifa pudesse fazer para impedir que os jogadores se ajoelhassem, nem para obrigar o Irã a cantar junto o hino nacional, no que parecia ser um sinal de solidariedade.  

Uma faixa considerável com a legenda “Mulher, vida, liberdade” sobre a bandeira do Irã foi erguida no alto do estádio, bem como cartazes menores que incluíam a frase “Liberdade para o Irã”.  

A Copa do Mundo segue sendo um dos maiores palcos para manifestações de direitos a partir do esporte, felizmente.  

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -
Últimas Noticias

Quatro pilotos brigam pelo título na última etapa da Stock Car

O último fim de semana de Stock Car em 2022 começa nesta sexta-feira (9) cercado de muita emoção. Afinal,...
- Advertisement -

Mais notícias como essa

- Advertisement -